Espaço, Ciência e Tecnologia. Educação Científica.
Tudo o que acontece na Terra e no espaço
você encontra aqui.
     



Editoria: Clima e Meteorologia
Quarta-feira, 16 jan 2013 - 10h33

Aquecimento Global: Nasa confirma aumento da temperatura da Terra

Cientistas da Agência espacial americana, Nasa, divulgaram ontem o mais recente relatório sobre as anomalias de temperatura no planeta e confirmaram novamente que a temperatura média da Terra continua em elevação. Segundo a agência, 2012 foi o nono ano mais quente desde que começaram as medições em 1880.

Aquecimento Global em 2013

O relatório apresentado compara as temperaturas ao redor do planeta observadas em 2012 com a média global registrada entre os anos de 1950 e 1980, conhecida como linha-base e o resultado indica que a Terra continua experimentando temperaturas cada vez mais elevadas do que nas décadas passadas.

Os dados foram apresentados pelo GISS, Goddard Institute for Space Studies, da Nasa e mostram que a temperatura média da Terra em 2012 ficou em 14.6 graus Celsius, cerca de 0,54 mais quente que o período da linha-base (1950-1980). O estudo também indica que a temperatura global média aumentou 0,8 grau desde 1980, ano em que as medições começaram.


Flutuações
Apesar dos aumentos médios verificados, os pesquisadores da Nasa enfatizam que os padrões meteorológicos sempre apresentarão flutuações na temperatura média ao longo dos anos, mas que o contínuo aumento nas emissões dos gases responsáveis pelo efeito estufa assegura que a temperatura média a longo prazo deverá continuar em elevação.

Aquecimento Global - Anomalia em 2013

Cada ano sucessivo não será necessariamente mais quente que o ano anterior, mas com o nível de emissão de gases cada vez mais elevado faz prever que as próximas décadas serão sempre mais quentes que a década anterior.


Dióxido de Carbono
De acordo com o climatologista Gavin Schmidt, ligado ao GISS, a temperatura do planeta está subindo e a razão é a injeção crescente de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera, embora alguns cientistas acreditam que a elevação observada do CO2 não seria suficiente para aumentar a temperatura do planeta ao nível observado.

O CO2 é um dos principais gases responsáveis pelo Efeito Estufa, que age como uma verdadeira armadilha que aprisiona o calor na troposfera. Ele é injetado no ar naturalmente durante a decomposição de materiais orgânicos, mas também através da queima dos combustíveis fósseis usados para geração de vários tipos de energia, principalmente o petróleo e o carvão.

O nível do CO2 na atmosfera vem crescendo constantemente ao longo das décadas. Em 1880, o nível de partículas presentes na atmosfera era de aproximadamente 285 partes por milhão (PPM). Em 1960, essa concentração já havia subido para 315 PPM e atualmente é de cerca de 390 PPM, de acordo com dados publicados diariamente pelo observatório de Mauna Loa, no Havaí.


Recorde americano
Ao mesmo tempo em que o planeta registrou um ano relativamente quente em 2012, a porção continental dos EUA registrou o ano mais quente de toda sua história.

"As temperaturas do verão americano em 2012 são um exemplo de uma nova tendência de extremos sazonais, com extremos mais quentes que aqueles observados em meados do século 20", disse um dos principais pesquisadores do GISS, James E. Hansen, que estuda o fenômeno do Aquecimento Global desde 1970.

Para o cientista, algumas estações ainda poderão ser mais frias que a média de longo prazo, mas uma pessoa perspicaz deverá notar que a frequência de extremos invulgarmente quentes está aumentando. "São os extremos que têm o maior impacto sobre as pessoas e a vida no planeta", disse Hansen.


Artes: No topo, gráfico mostra a evolução do aumento da temperatura na Terra ao logo dos últimos 132 anos. Acima, gráfico elaborado pela Nasa apresenta a anomalia da temperatura média no ano de 2012. No Brasil, o destaque fica por conta do Rio Grande do Norte e Ceará, que apresentaram anomalias entre 1,5 e 2,3 graus. Crédito: Nasa/GISS, Apolo11.com.


Direitos Reservados
É vedada a utilização deste texto

Leia nosso Termo de Uso e saiba como publicar este material em seu site ou blog

URL curta dessa página: http://tinyurl.com/ajgexea

Pesquise no Apolo11
Utilize a caixa de pesquisa personalizada
Custom Search







IMAGENS DE SATÉLITES !    Clique e conheça nosso Vídeo Workshop de sensoriamento remoto e imagens meteorológicas.
Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2014
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento

"É necessário sempre esperar quando se está desesperado e duvidar enquando se espera" - Flaubert