Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Astronomia
Quinta-feira, 16 jan 2014 - 08h59

C/2014 A4: Confirmada a descoberta do primeiro cometa brasileiro

Ao que tudo indica, o dia 16 de janeiro entrará para a história da astronomia brasileira. Utilizando um telescópio instalado no interior de Minas Gerais, um grupo de brasileiros conseguiu detectar e confirmar a descoberta do primeiro cometa brasileiro.

Cometa Brasileiro C/2014 A4 SONEAR
Clique para ampliar

Batizado de C/2014 A4 SONEAR, o objeto foi descoberto pelos astrônomos brasileiros Cristovão Jacques, Eduardo Pimentel e João Ribeiro de Barros a partir de imagens feitas no dia 12 de janeiro de 2014. Os registros foram obtidos através de um telescópio de 450 milímetros instalado no observatório SONEAR, localizado na cidade mineira de Oliveira.

A detecção do objeto foi primeiramente submetida à União Astronômica Internacional, IAU, e diversos pesquisadores, amadores ou profissionais, passaram a estudar e fazer as medições (astrometria) do novo objeto antes que a descoberta fosse confirmada.

Em 13 de janeiro, um dia após a detecção inicial, os astrônomos Ernesto Guido, Nick Howes e Martino Nicolini, ligados ao Observatório Remanzacco, na Itália, coletaram 19 imagens a partir de um telescópio robótico instalado em Siding Spring, na Austrália, confirmando a existência de uma pequena coma ligeiramente elongada no sentido norte-este.

Outra série de 25 exposições feitas no dia 14 de janeiro também confirmou que o objeto descoberto era de fato um cometa, com uma difusa coma de 8 arcosegundos de diâmetro.

Finalmente, após 3 dias de observações, em 16 de janeiro de 2014 a União Astronômica Internacional confirmou a descoberta dos astrônomos brasileiros, batizando oficialmente de C/214 A4 SONEAR o primeiro objeto desse tipo descoberto no Brasil por brasileiros.

De acordo com os recentes elementos orbitais, C/214 A4 SONEAR é um cometa de orbita parabólica, provavelmente originado na nuvem de Oort. Quando detectado, se encontrava a cerca de 5.68 UA da Terra e 6.33 UA do Sol. (UA=Unidade Astronômica, equivalente a cerca de 149.5 milhões de km). Sua orbita é altamente inclinada em 121 graus e atingirá o periélio em 11 de setembro de 2015, quando passará a 3.82 AU do Sol, cerca de 571 milhões de quilômetros.

A descoberta do cometa foi feita a partir de imagens coletadas com câmera CCD acoplada a um telescópio de 450 milímetros de diâmetro, cujo espelho também foi fabricado no Brasil, pelo especialista em óptica Sandro Colleti.

Ao que tudo indica essa é a primeira vez que um cometa é descoberto por pesquisadores brasileiros em nosso país. Sendo assim, parabéns a Cristovão Jacques, Eduardo Pimentel e João Ribeiro de Barros!

Bons céus!


Foto: Imagem feita pelos astrônomos Ernesto Guido, Nick Howes e Martino Nicolini mostram o cometa C/2014 A4 SONEAR em 14 de janeiro de 2014. Crédito: Observatório Remanzacco, Apolo11.com.






Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2017
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Política é a guerra sem sangue enquanto a guerra é a política com sangue" - Mao Tsé-Tung