Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Curiosidades e Conhecimento
Sexta-feira, 27 abr 2007 - 09h47

Leve como pluma, Stephen Hawking flutua no espaço!

O astrofísico britânico Stephen Hawking realizou ontem um dos maiores sonhos de sua vida, ao experimentar pela primeira vez a sensação da gravidade zero, que por diversos instantes o fez flutuar sem peso em pleno espaço.

A façanha do cientista, preso há mais de 40 anos em uma cadeira de rodas, foi alcançada através de oito mergulhos parabólicos em um avião especial, de propriedade da empresa Zero Gravity Corp. Cada mergulho dura aproximadamente 25 segundos.

O jato levando a bordo Hawking, médicos e enfermeiros, subiu inicialmente a 7 mil metros de altitude. Hawking foi levado até a frente do avião e colocado sobre uma espécie de almofada acolchoada. Antes de iniciar o mergulho parabólico o cientista comentou: "Estou ansioso. Aguardo por isso há anos".

Mantendo a inclinação em 45 graus, o jato elevou-se ainda mais e a 10 mil metros iniciou seu mergulho de 25 segundos de volta à altitude de 7 mil metros. Em seguida diminuiu sua inclinação para 30 graus, desceu a 3500 metros e deu início a mais um vôo.

Durante os oito mergulhos, Hawking girou, deu piruetas, bateu a cabeça e se divertiu muito. Segundo Peter Diamandis, presidente da empresa, Hawking parecia "um ginasta olímpico de medalha de ouro".

Após o vôo, Hawking não se conteve e exclamou: "Foi espetacular". Agora o cientista aguarda ansiosamente para fazer novas estripulias no espaço através de um vôo suborbital que poderá acontecer antes do final da década. "Espaço, aqui vou eu!", disse o astrofísico após o vôo.


Hawking
Batizado Stephen William Hawking, nasceu em 8 de janeiro de 1942 em Oxford, na Inglaterra. Hawking é considerado um dos maiores gênios contemporâneos, tendo realizado importantes trabalhos teóricos a respeito dos buracos negros e a origem do Universo.

O cientista é portador de uma rara doença degenerativa chamada esclerose lateral amiotrófica, que paralisa os músculos do corpo. A doença foi descoberta quando Hawking tinha apenas 21 anos, ocasião em que se submeteu a uma traqueotomia. Desde então utiliza de um equipamento sintetizador de voz para poder se comunicar. Atualmente a doença atingiu níveis que não mais permitem a Hawking se movimentar.

Hawking casou-se duas vezes e em 1994 participou das gravações de The Division Bell, álbum antológico da banda Pink Ployd, onde fez a voz digital na faixa "Keep Talking". Escreveu diversos livros sobre universo, buracos negros e unificação das forças, entre eles "Uma breve história do Tempo" e "O Universo numa Casca de Noz”.

Hawking é doutorado em física pela Universidade de Cambridge, onde é membro honorário e ocupa a cadeira de Isaac Newton.

Fotos: Auxiliado por enfermeiros e médicos, Stephen Hawking fez diversos mergulhos em gravidade zero e se tornou o primeiro deficiente a fazer este tipo de atividade. Cortesia Zero Gravity Corp. O gráfico apresentado mostra o processo do mergulho em um vôo de gravidade zero.






Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2017
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Política é a guerra sem sangue enquanto a guerra é a política com sangue" - Mao Tsé-Tung