Espaço, Ciência e Tecnologia. Educação Científica.
Tudo o que acontece na Terra e no espaço
você encontra aqui.
     

Editoria: Energia
Sexta-feira, 24 set 2010 - 10h31

Especialistas reunidos na França discutem uso da energia solar

Cerca de 800 especialistas de 40 países estão reunidos esta semana no congresso da cooperativa internacional Solarpaces, realizado em Perpignan, no sul da França. Eles discutem soluções para os problemas energéticos mundiais e veem na energia solar uma grande promessa.

Usina solar de Odeillo
Clique para ampliar

A organização já desenvolve em partes do mundo sistemas de energia solar concentrada em alta temperatura para produzir a energia elétrica. São centrais termodinâmicas dotadas de espelhos que refletem os raios de sol para acionar uma turbina. Além do baixo custo, a vantagem dessa tecnologia é justamente a utilização de uma energia limpa.

A primeira operação comercial utilizando essa técnica foi na Califórnia em meados da década de 80.

Os especialistas acreditam que esse tipo de tecnologia poderá ser bem utilizada no futuro por países do norte da África, Austrália, Índia, África do Sul, Espanha e Portugal, regiões com grande radiação solar direta.

Em uma análise global, a Agência Internacional de Energia (AIE), prevê que este tipo de energia renovável poderá representar 10% de toda energia produzida no planeta até o ano de 2050. Com o aumento da demanda, a energia solar pode se tornar competitiva dentro de 20 anos. Hoje, a Espanha e os Estados Unidos, lideram o setor e possuem várias centrais em atividade.


Pioneira
A França é a pioneira no uso da tecnologia para se obter energia através do sol. Em 1969, o país inaugurou o forno solar de Odeillo, nos Pirineus, um dos maiores fornos solares do mundo com uma potência térmica de 1000 kilowatts.

O centro francês é especializado na investigação da concentração da radiação solar, assim como do comportamento de materiais submetidos às altas temperaturas extremas.


Fotos: No topo, o forno solar de Odeillo, instalado nos Pirineus, no sul da França. O equipamento é considerado um dos maiores fornos solares do mundo. Na sequência, arte mostra como funciona uma central termodinâmica da cooperativa internacional Solarpaces. Grandes espelhos que refletem os raios de sol para acionar uma turbina. Crédito: Solarpaces / Wikiligue.


       




Direitos Reservados
É vedada a utilização deste texto

Leia nosso Termo de Uso e saiba como publicar este material em seu site ou blog

URL curta dessa página: http://tinyurl.com/23lsvy5









IMAGENS DE SATÉLITES !    Clique e conheça nosso Vídeo Workshop de sensoriamento remoto e imagens meteorológicas.
Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2014
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento

"Os homens não são tão bons nem tão maus como as suas opiniões" - James Mackintosh