Mapas e imagens de satélite sobrepostos



Imagens de satélite e sensoriamento remoto


É POSSÍVEL PREVER TERREMOTOS, FURACÕES,
TSUNAMIS E ERUPÇÕES VULCÂNICAS ?



TERREMOTOS - Apesar de todos os esforços dos cientistas, a previsão dos terremotos é ainda embrionária e deverá permanecer assim durante muito tempo.

Os terremotos ocorrem ao longo de falhas, quando a energia acumulada pelo estresse entre elas é liberado abruptamente.

O que se sabe, é que cidades inteiras acomodadas sobre as regiões críticas, podem a qualquer momento serem devastadas pelas ondas sísmicas, mas até o presente momento não é possível saber quando.


FURACÕES - Também chamados de ciclones ou tufões, são fenômenos cíclicos que se repetem sempre nas mesmas épocas do ano.

No atual estágio da tecnologia de previsão do tempo, pode-se prever a formação de um furacão com até cinco dias de antecedência, estimando-se com boa precisão a trajetória que deverá seguir.

Atualmente é impossível de prever, com antecedência maior que alguns dias, que um furacão irá atingir determinada cidade. Se alguém o disser, é puro chute!

Por estarem na rota dos furacões, é normal que as mesmas cidades sejam atingidas todos os anos.


TSUNAMIS - Normalmente as ondas gigantes são disparadas por eventos externos de grande magnitude, como um maremoto (terremoto abaixo do leito oceânico) ou uma grande explosão em uma montanha vulcânica.

Quando isso ocorre são geradas ondas que se propagam da mesma maneira que as ondas produzidas por uma pedra atirada na água.

Quando ocorre um evento de grande amplitude, capaz de gerar uma onda gigante, diversos órgão de monitoramento emitem alertas de probabilidade para os países que podem receber o impacto das águas, com o objetivo de se tentar evacuar o maior número de pessoas das regiões mais baixas.

Considerando-se que as ondas de um tsunami alcançam a velocidade de 800 km/hora, diversas medidas podem ser tomadas para diminuir as proporções da tragédia.

Se um tsunami for disparado por um terremoto, não existe maneira de se prever com antecedência seu surgimento, já que ainda não existem, ou são ineficazes, os métodos de prever os terremotos.


VULCÕES - Antes de entrar em erupção, normalmente os vulcões dão diversos sinais, que sã interpretados pelos vulcanólogos como sinal de alerta. Um desses sinais é conhecido como tremor harmônico e é um indício muito significativo de que a a pressão no interior da montanha poderá ser liberada abruptamente.

Quando o tremor harmônico e outros sinais são detectados, alertas são emitidos às autoridades locais, que normalmente seguem procedimentos padrão, nem sempre obedecidos pelo população próximo à montanha.

É normal que avisos e alertas de erupção sejam emitidos com diversos dias de antecedência.



IMAGENS DE SATÉLITES !    Clique e conheça nosso Vídeo Workshop de sensoriamento remoto e imagens meteorológicas.
Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2014
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento

"Os homens deveriam fazer com suas esperanças o que fazem com suas galinhas: cortar suas asas para que não possam fugir voando" - Lorde Halifax