Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Mudanças Climáticas
Quinta-feira, 17 jun 2010 - 10h04

Inpe: Calor e enchentes vão aumentar em SP até o fim do século

Um estudo divulgado recentemente pelo Instituto Nacional de Pesquisas espaciais (INPE) em conjunto com a Universidade de São Paulo (USP) e a Universidade de Campinas (Unicamp), traz grandes preocupações para o futuro. A cidade de São Paulo que sofre com inúmeros alagamentos anualmente no período de chuva, irá enfrentar dias piores nas próximas décadas.

A. Luiz Carlos Berrini em 1980
Clique para ampliar

Segundo especialistas a temperatura na região metropolitana já está mais alta. No centro de São Paulo, por exemplo, as temperaturas estão em média 3 graus acima da média do que cem anos atrás. Essa variação que pode parecer pequena, já modificou completamente o clima da cidade.

E por que São Paulo está mais quente? A elevação da temperatura é resultado da própria urbanização e crescimento da metrópole. O asfalto, o concreto e a falta de vegetação transformam a cidade em uma ilha de calor, lugar propício para a formação das grandes nuvens de tempestades durante a época das chuvas.

Aos poucos a área de vegetação nativa vai sumindo dando lugar a prédios, casas e barracos, construídos muita vezes em terreno não apropriado. São famílias que moram em lugares próximos às margens dos rios que fatalmente serão atingidas pelas águas.

A área de mata fechada no extremo norte de São Paulo, na divisa com Mairiporã, já começa ser ocupada com casas no meio da encosta e até 2030 o verde desta área também tende a desaparecer. A mata ajuda a manter a umidade do ar e com a impermeabilização do solo a superfície fica mais quente, ressalta a pesquisadora Andrea Young, da Unicamp.

A. Luiz Carlos Berrini em 2002
Clique para ampliar

Na década de 30, a capital paulista teve nove dias de chuva intensa com volume acumulado acima de 50 milímetros. Entre os anos de 2000 e 2009 foram 40 dias de muita chuva. Janeiro de 2010 bateu recorde e foi um dos mais chuvosos na cidade de São Paulo com 30 dias de temporais e muitos alagamentos sem nenhuma trégua.

“São Paulo já modificou o clima dentro da cidade e no entorno de uma maneira muito mais expressiva do que o aquecimento global fez até agora”, destaca o pesquisador do Inpe, Carlos Nobre.

De acordo com o estudo a cidade vai ficar entre 2°C a 4°C mais quente do que hoje até o fim do século e o número de dias com chuvas intensas poderá dobrar.

“Se o fenômeno da contínua urbanização da cidade não for disciplinado por meio de políticas públicas, no futuro, as pessoas vão morar em áreas de risco até maior que as de hoje”, completa Nobre. É necessário um modelo que mostre antecipadamente onde vão ocorrer alagamentos e deslizamentos de terra, segundo o pesquisador.


Mapa de uso e ocupação do Solo da cidade de São PauloE as consequências não param por aí.

Áreas urbanizadas com grande concentração de poluentes podem provocar mais óbitos por doenças respiratórias e cardiovasculares, principalmente nos idosos. O número de dias e noite quentes será superior ao de dias e noites frias causando impacto na saúde da população.

Para o segundo semestre deste ano, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais prepara um mesmo relatório sobre a vulnerabilidade às mudanças do clima na região metropolitana do Rio de Janeiro.


Legenda: As imagens mostram dois momentos da Av. Luiz Carlos Berrini, em São Paulo, uma das mais rápidas concentrações de prédios da cidade de São Paulo. Sua construção foi considerada bastante polêmica por estudiosos de planejamento urbano, causadora de um verdadeiro "desastre social", já que a chegada das grandes empresas teria expulsado do local a população de baixa renda que ali vivia. Acima, mapa mostra o uso e a ocupação do solo na cidade de São Paulo. A impermeabilização do solo cada vez maior, diminuindo a área verde na cidade aumenta a temperatura da superfície. São Paulo deve ficar entre 2°C a 4°C mais quente do que hoje até o fim do século, diz o estudo o Inpe. Crédito: Wikipédia/Brooklin.com.br/Prefeitura de São Paulo.






Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2017
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Amargas são as lágrimas derramadas, mas ainda mais amargas são as que não se derramam" - Provérbio irlandês