Apolo11.com - Imagens de satélite, tecnologia e fenômenos naturais



Imagens de satélite e sensoriamento remoto

Debelado novo incêndio no Parque Nacional de Ilha Grande/PR
São Paulo, 10 de Setembro de 2003
ÍNDICE GERAL   

O incêndio que começou na tarde de sexta-feira (5) na Ilha Bandeirante, dentro do Parque Nacional de Ilha Grande, noroeste do Paraná, foi controlado na segunda-feira (8). Com a chuva forte iniciada na madrugada desta quarta-feira (10), as chances de um novo incêndio diminuíram, mas não podem ser descartadas. Uma área de banhado de 1800 hectares foi queimada. Peritos do Ibama - Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis do Mato Grosso do Sul já estão trabalhando no Parque e deverão obter resultados sobre as causas dos incêndios até o próximo fim de semana.

O combate a esse segundo incêndio começou com a chegada da brigada do município de Vila Alta e do helicóptero do Núcleo de Operações Aéreas. A Polícia Florestal de Icaraíma manteve plantão no complexo de pontes do Porto Camargo, monitorando e combatendo as frentes de fogo próximas à estrada, com o auxílio de uma equipe do Parque e voluntários.

Veterinários e biólogos monitoraram a passagem segura dos animais através dos passa-animais que existem sob o acesso da grande ponte. Houve ainda acompanhamento por barco, para verificar riscos de incêndio na mata ciliar e acelerar o socorro da embarcação do Corpo de Bombeiros. O último combate foi feito junto à Ponte Luis Eduardo Magalhães, sobre o canal leste do rio Paraná.

Desde sexta-feira, vários animais foram observados fugindo da frente de fogo. Entre eles cervos-do-pantanal, tamanduás, tatus, cobras e aves. Os encontrados mortos, principalmente répteis, foram coletados para estudos.

IBAMA





IMAGENS DE SATÉLITES !    Clique e conheça nosso Vídeo Workshop de sensoriamento remoto e imagens meteorológicas.
Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2001 - 2014
Política de Privacidade

"Ler é entrar num continente que já foi percorrido por uma quantidade de pessoas antes, mas que continua virgem, de uma certa maneira" - José Saramago