Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Astronomia
Sexta-feira, 1 set 2017 - 10h06

Cientistas confirmam: A Terra é culpada pelos terremotos lunares

Baseados em dados registrados pela missão Apollo, pesquisadores japoneses concluíram que a gravidade da Terra é a culpada direta pelos terremotos lunares de grande profundidade.

Buzz Aldrin junto ao sismografo na Lua
Astronauta Buzz Aldrin posa ao lado do primeiro sismômetro lunar instalado durante a missão Apollo, entre 1969 e 1977.

A conclusão é do geólogo Táxi Kawamura, ligado ao Observatório Astronômico Nacional, do Japão, que reanalisou mais de 100 tremores registrados por sismógrafos deixados na Lua durante a missão Apollo há 40 anos, entre os anos de 1969 e 1977.

Segundo Kawamura, os eventos estudados ocorreram entre 800 e 1200 km de profundidade e diferentemente dos sismos terrestres apresentavam periodicidade de cerca de 27 dias.

Para o estudo, a equipe de Kawamura modelou os antigos dados dos sismógrafos instalados na Lua e descobriu que as forças de maré criadas pela gravidade da Terra coincidiam com os sismos lunares registrados no mesmo período.

Conhecidas como marés de corpo sólido, essas tensões podem formar falhas ou rachaduras no interior da Lua e à medida que o estresse se acumula podem causar tremores. A ideia não é nova e já foi proposta anteriormente em diversas discussões, mas o estudo de Kawamura fornece mais dados sobre o fenômeno.


Terremotos Lunares
"A correlação entre a ocorrência de um terremoto profundo e o estresse das marés foi demonstrada e nosso estudo apoia a ideia de que o estresse não está apenas desencadeando os terremotos profundos, mas também é responsável pela liberação da energia da atividade sísmica", detalha Kawamura.

Sismograma Lunar
Um ddos sismogramas lunares utilizado pela equipe de Kawamura durante o estudo. Os dados foram coletados durante as missões Apollo e mostram tremores rasos, profundos e também impactos de meteoritos.

O cientista observa que os estudos anteriores subestimaram o estresse liberado, pois usavam dados de apenas um dos sismômetros. Ao combinar sinais de diferentes instrumentos o estudo descobriu que o acúmulo de tensões de maré não ocorreu repentinamente, mas longo de um mês.

A regularidade de 27 dias dos tremores também confirma a ideia de que eles são causados pela gravidade da Terra, pois é o mesmo tempo que leva a Lua a orbitar nosso planeta.


Terremotos Longos
Diferentemente dos terremotos terrestres, que cessam em minutos, sismos lunares duram mais tempo. Segundo Madeleine Jepsen, da American Geophysical Union, isso acontece porque a Lua é muito mais seca e mais fria do que a Terra. Isso faz as vibrações durarem mais tempo. No caso da Terra, a estrutura é mais maleável e como uma esponja que absorve as vibrações.

A Lua não tem atividade tectônica como o nosso planeta e muitos terremotos que afetam a Lua ainda não são perfeitamente compreendidos. O estudo de Kawamura pode trazer mais luz sobre esses eventos.

O estudo foi publicado pelo Journal of Geophysical Research, em agosto de 2017.






Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2017
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Dignidade não consiste em possuir honrarias, mas em merecê-las" - Aristóteles