Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Astronomia
Quinta-feira, 9 mar 2017 - 08h27

Imagem revela toda a sequência do primeiro eclipse solar de 2017

A cena mostrada foi feita no norte da Patagônia argentina e retrata todas as fases do eclipse anular de 2017, que foi também foi visto do Brasil, mas com menor intensidade.

Eclipse solar completo na Patagonia
Eclipse solar de 26 de fevereiro de 2017 visto desde Hermoso Valle, em Facundo, Argentina.

Para fazer o retrato, o fotógrafo Vincent Bouchama fez uma série de exposições automáticas, cada uma delas com três minutos de intervalo, o que permitiu capturar cada uma das etapas do evento, desde a primeira mordida da lua no disco solar até o momento em que o satélite desobstrui totalmente a estrela.

Na localidade do registro, chamado Hermoso Valle, em Facundo, Argentina, o ápice do eclipse durou cerca de 45 segundos e foi marcado pelo conhecido anel de fogo, quando a Lua penetra totalmente dentro do disco do Sol, deixando de fora apenas um pequeno círculo iluminado.


Eclipse Solar
Um eclipse do Sol ocorre sempre que a Lua se posiciona entre a Terra e o Sol. Se durante um eclipse a lua encobrisse completamente o disco do Sol, seria chamado de eclipse total. Caso contrário, eclipse parcial.

Eclipse anular
No eclipse anular o diâmetro da Lua é ligeiramente menor que o do Sol e isso faz com que toda a borda da estrela permaneça visível e iluminada, o que torna sua aparência similar a de um anel de fogo.

Isso acontece porque o movimento da Lua ao redor da Terra não é um circulo perfeito, mas uma elipse e embora seu tamanho angular seja na média igual ao do Sol, em alguns momentos sua localização dentro da elipse a afasta ou a aproxima mais da Terra, o que reflete diretamente em seu tamanho no céu e consequentemente na porção coberta do Sol.

No momento, a Lua está perto do ponto de maior afastamento e por isso não cobrirá totalmente o disco solar. Se estivesse no ponto mais próximo, teríamos o chamado eclipse total e o céu se transformaria em noite por alguns minutos.






Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2017
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Se tivéssemos de aturar dos outros tanto quanto nos permitimos a nós mesmos, a vida seria insuportável" - Georges Couteline