Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Editoria: Fenômenos Naturais - Furacões
Sexta-feira, 25 ago 2017 - 10h39

Maior furacão desde 2005, Harvey atinge costa dos EUA


Com ventos sustentados de 179 km/h, o gigantesco furacão Harvey está praticamente tocando os EUA na altura da costa do Texas. Harvey é um sistema gigante e cobre quase um terço do Golfo do México. Segundo a Fema, o Texas está no limiar de um desastre significativo.

Imagem de satelite do furacao Harvey, registrada pelo satélite de sensoriamento remoto TERRA, da Nasa.
Imagem de satélite furacão Harvey


Harvey é o maior sistema ciclônico a tocar a costa dos EUA desde 2005 e de acordo com o Centro nacional de Furacões, dos EUA, despejará entre 300 e 500 milímetros de chuvas nas próximas horas.

Harvey é um poderoso furacão de categoria 3 na escala Saffir-Simpson, que mede a intensidade dos furacões. Segundo o NHC, na manhã de sexta-feira os ventos sustentados atingiam 179 km/h, com rajadas ultrapassando 200 km/h.


Imagem de satelite furacao Harvey

As imagens de satélite da manhã de sexta-feira mostram que o olho de Harvey se localizava a poucos quilômetros da costa estadunidense, a 225 km da cidade de Corpus Christi, no Texas. Informações coletadas por avião caça-furacões revelam que a pressão barométrica era de apenas 950 hectopascais.


Desastre Significativo
"O Texas está no limiar de desastre significativo", disse Brock Long, diretor da FEMA, o órgão responsável pelo gerenciamento de emergências dos EUA.

Segundo Long, há necessidade urgente de evacuação das áreas costeiras de parte da costa norte do Golfo do México.

Na noite de quinta-feira, o governador do Texas, Greg Abbott, requisitou o reforço de 700 homens da Guarda Nacional e ordenou o fechamento dos portos das cidades de Corpus Christi e Galveston.


Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2017
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"A guerra nada mais é que a continuação da política por outros meios" - Karl von Clausewitz