Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Invenções e Descobertas
Quarta-feira, 7 nov 2018 - 10h01

Arqueólogos encontram possíveis rampas usadas na construção das pirâmides

Pela primeira vez na história, uma equipe de pesquisadores internacionais encontrou restos de rampas que podem ter sido usadas pelos antigos egípcios para transportas os enormes blocos usados na construção das pirâmides de Gize.

Rampa inclinada proxima às Piramides do Egito
Restos de uma das rampas inclinadas possivelmente usadas para a movimentação dos blocos que formam algumas das pirâmides do Egito.

O anúncio da descoberta, feita por arqueólogos franceses e ingleses, foi feito pelo Ministério das Antiguidades do Egito e se for confirmado deve comprovar os métodos teorizados há muito tempo, que afirmam que os pesados blocos foram transportados até o local das construções através de rampas e roletes.

De acordo com o comunicado, foram encontros sinais de uma rampa inclinada com dois conjuntos de degraus, além de diversos roletes de madeira colocados lado a lado. Juntos, esse conjunto serviria para elevar os blocos de uma pedreira através de trenós, que eram alavancados por meio de cordas puxadas por tração humana.

Esse modelo de transporte há muito é teorizado pelos especialistas, mas nunca houve alguma evidência que sustentasse essa hipótese.

Além da descoberta da rampa e dos roletes, os arqueólogos descobriram também pelo menos 100 gravuras ao longo das rampas, que retratam a organização dos trabalhadores e suas campanhas de construção.

Uma das pinturas rupestres encontra proximo às rampas inclinadas
Uma das pinturas rupestres encontra proximo às rampas inclinadas

Os equipamentos foram descobertos perto de Hatnub, que na época das construções servia como lar de trabalhadores sazonais e também de uma vasta pedreira de alabastro egípcia. Muitas das pirâmides eram feitas de calcário, enquanto muitas das esculturas, pisos e paredes eram feitas de alabastro. Os cientistas acreditam que todo o material remonta ao reinado do Rei Khufu na 4ª Dinastia, que combina com a época da construção da Grande Pirâmide.

"Como este sistema remonta pelo menos ao reinado de Khufu, isso significa que durante esse tempo os antigos egípcios sabiam como mover os enormes blocos de pedra utilizando rampas muito íngremes. Portanto, eles poderiam tê-lo usado também para a construção da pirâmide de Khufu", disse Yannis Gourdon, ligado à Universidade de Luxor e codiretor da missão conjunta em Hatnub.

Como estudos anteriores mostraram, é provável que os antigos egípcios usassem grandes trenós e cordas para puxar os blocos de construção 2.5 toneladas e também as estátuas através do deserto. Segundo os especialistas, para diminuir o atrito era usada água misturada na areia, uma espécie de truque que teria permitido aos egípcios reduzir o número de trabalhadores necessários pela metade.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"A gente só diz sim ou não no casamento e, ainda assim, às vezes erra." - Itamar Franco