Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Clima e Meteorologia
Quarta-feira, 12 mar 2008 - 21h42

Ondas gigantescas causam estragos em regiões costeiras da Espanha

Fortes ventos e ondas gigantescas de 11 metros de altura atingiram regiões costeiras ao norte da Espanha. Na Galícia, Astúrias, Cantabria e País Basco foram registrados diversos estragos em residências, comércios e veículos. Um homem ficou ferido. As informações foram divulgadas pela Agência Estatal de Meteorologia Angel Rivera nesta quarta-feira (12).

"As ondas invadiam o restaurante. Era impressionante. Nos 35 anos em que estamos abertos, eu nunca havia visto algo assim. No ano passado, nós tivemos três situações como essa, mas nenhuma delas foi tão grave. Está tudo inundado", disse José Miguel Silvino, funcionário de um restaurante em Laredo (Cantabria).

No País Basco os danos maiores foram registrados em San Sebastián, com graves inundações em comércios, casas, veículos e embarcações. Os portos de Bermeo, Ondarroa, Zumaia, Getaria e Orio também sofreram estragos. Na Galícia, o temporal provocou danos e feridos.

Em Miño, as ondas arrancaram uma passarela de madeira de 30 metros na praia de Lago. Em Astúrias, foram observadas ondas de até oito metros. Em Ribadesella, a força do mar chegou a arrancar vários bancos de cimento da orla.

Segundo a meteorologia local, as nuvens pesadas devem perder força nos próximos dias, mas a região ainda está sob alerta amarelo devido o risco de inundação.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"O acaso não existe; o que chamamos de acaso é o efeito de uma causa que não conhecemos" - Voltaire