Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Astronomia
Sexta-feira, 29 ago 2014 - 10h51

Como seria se o cometa 67/P estivesse sobre a cidade de São Paulo?

No dia 11 de novembro, a nave europeia Rosetta deverá liberar uma pequena sonda que pousará na estranha superfície do cometa 67P/Churyumov–Gerasimenko. Com 4 km de comprimento, o cometa virou celebridade e está sendo retratado sobre diversas cidades do mundo.

Cometa 67/p sobre São Paulo
Clique para ampliar

Antes que a pequena sonda Philae desça na superfície de 67P, a nave-mãe Rosetta continua orbitando o cometa e coletando diversas imagens que servirão para determinar com exatidão o local de pouso. Alguns possíveis sítios já foram divulgados e em alguns dias a Agencia Espacial Europeia deverá bater o martelo sobre o local escolhido.

Enquanto isso não acontece, algumas imagens enviadas pela sonda estão servindo de inspiração e mostram a enorme rocha assentada sobre a paisagem ou sobrevoando o céu de algumas cidades. Toronto, no Canadá e Los Angeles, nos EUA, são duas delas.

o Apolo11 também resolveu entrar no jogo e para brincar um pouco com a imaginação retratou o cometa acima da cidade de São Paulo. Não é uma montagem maravilhosa, mas dá pra ter uma ideia de como seria a paisagem da capital paulista se 67P/Churyumov–Gerasimenko fizesse parte do cenário.

Na cena vemos 67P acima no horizonte da cidade, praticamente margeando o Rio Pinheiros e suas marginais. Em primeiro plano vemos a famosa Ponte Estaiada, que em um cenário hipotético serviria de caminho para a visitação turística à grande rocha espacial.



Arte: Concepção artística mostra o cometa 67P/Churyumov–Gerasimenko como parte da paisagem da Zona Sul de São Paulo. Crédito: Apolo11.com.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"A gente só diz sim ou não no casamento e, ainda assim, às vezes erra." - Itamar Franco