Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Astronomia
Sexta-feira, 31 jul 2015 - 10h08

Vídeo: Gigantesca bola de fogo corta a região Sul do Brasil

Uma enorme bola de fogo de coloração esverdeada foi vista na noite quinta-feira cruzando várias cidades do Sul do Brasil. A origem do bólido ainda é desconhecida, mas pelas características pode se tratar de uma rocha espacial que cruzou a orbita da Terra.

Meteoro Earthgrazer no Brasil
Clique para ampliar

O impressionante bólido sobrevoou lentamente os céus da Região Sul do Brasil e de acordo com diversos relatos cruzou antes a Argentina, Uruguai e Rio Grande do Sul. No litoral gaúcho testemunhas disseram que viram quando a grande bola luminosa atravessou a linha da praia até desaparecer acima do Atlântico.

A passagem da bola de fogo ocorreu por volta das 18h05 BRT (Hora de Brasília) e de acordo com o site de previsão de reentradas espaciais SATVIEW.ORG, nenhum objeto artificial penetrou a região naquele momento. Isso levanta a hipótese de o meteoro ter sido causado por algum objeto vindo de fora da Terra.


Veja o vídeo

Para o especialista em reentradas atmosféricas, Carlos Augusto Di Pietro, ligado à Rede Brasileira de Observadores de Meteoros, BRAMON, o que se viu no céu nesta quinta-feira foi provavelmente um "Earthgrazer", um asteroide que raspa quase que horizontalmente a atmosfera da Terra e segue seu rumo em torno do Sol.

"Eu estou considerando este bólido como um espetacular Earthgrazer", disse Di Pietro. "Acho que esse é ainda mais belo que o grande fireball de 1972, até agora maior clássico dos earthgrazers", se referindo a um grande meteoroide que em 10 de agosto de 1972 passou a apenas 57 km da Terra e pode ser observado durante o dia em várias cidades dos EUA e Canadá.

De acordo com Di Pietro, a coloração esverdeada da bola incandescente provavelmente se deve aos elementos químicos que compõe a rocha, principalmente o magnésio e o ferro, que ao serem submetidos a altas temperaturas emitem luz neste seguimento do espectro.


Earthgrazer
Diferente dos asteroides que passam a centenas de quilômetros de altitude ou de outros que se chocam contra a Terra, um Earthgrazer passa muito perto ou penetra a atmosfera por um curto período de tempo, mas seguem sua orbita ao redor do Sol.

Quando um Earthgrazer penetra a atmosfera, aquece até a incandescência, dando inicio ao processo de ruptura parcial que pode produzir alguns fragmentos que atingem a superfície na forma de meteoritos.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"A avareza e a cobiça do poder não são paixões - são medo." - Carl Ehrensvard