Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Astronomia
Sábado, 29 dez 2007 - 14h15

Reúna a família e os amigos. Conheça o céu da virada do ano!

Durante a passagem do ano é quase obrigatório olhar para o céu. Ali, milhares de fogos de artifício estarão saudando o ano que chega, com uma infinidade de sons e luzes multicoloridas. Em alguns lugares esse espetáculo dura vários minutos, ao mesmo tempo em que as pessoas, emocionadas, se abraçam e desejam votos sinceros de feliz Ano Novo.

Passados os minutos iniciais da meia-noite, as luzes dos fogos de artifício vão diminuindo de quantidade e intensidade, dando lugar a outros pontos luminosos que salpicam o céu. São as estrelas e planetas, que desde tempos imemoriais fascinam os Homens e norteiam os navegadores.

Nesse momento, é normal que as pessoas olhem o céu e falem sobre as estrelas. Muitas até arriscam os nomes de constelações vistas no firmamento. Se você é uma dessas pessoas, esse artigo foi feito pra você! Ele vai ajudá-lo a reconhecer as diversas constelações e objetos presentes nas primeiras horas de 2008, um momento mágico que deve ser curtido com bastante esperança e sabedoria.


Olhando para cima
O primeiro lugar que as pessoas vão olhar é para o zênite, ou seja, a parte do céu que fica acima da nossa cabeça. É ali que se encontra uma das mais belas constelações do hemisfério sul e que pode ser vista nesta época do ano: a constelação de Órion. Composta principalmente por quatro estrelas formando um quadrado, Órion também tem três estrelas ao centro, que são popularmente conhecidas como as Três Marias - Mintaka, Alnilam e Alnitak. As duas estrelas inferiores do quadrado são Bellatrix, à esquerda e Beteugeuse, à direita. No topo, à esquerda temos Rigel e à direita, Saiph. Se nesta noite você tiver um binóculo, verá que a constelação reserva muitas surpresas. Olhe no quadrante superior, acima das Três Marias. Ali se encontra a nebulosa M42, um dos mais belos objetos do céu. É tão belo que você não vai querer parar de ver!

Baixe seus olhos. A meio caminho entre o horizonte e Órion, um forte ponto vermelho chama a atenção pelo brilho avermelhado. É Marte, o Planeta Vermelho, que na noite de Ano Novo estará a 91 milhões de quilômetros da Terra e se afastando. No último dia 18 de dezembro Marte se aproximou ao máximo de nós, ficando a apenas 88 milhões de quilômetros.

Abaixo de Marte temos a constelação do Cocheiro e ao seu nordeste as estrelas da constelação de Gêmeos. A carta acima vai ajudá-lo a reconhecer mais constelações. Não se esqueça: Você pode clicar sobre as imagens para vê-las ampliadas!


Mais estrelas e planetas
Virando a cabeça para a direita, novas constelações surgirão sobre o quadrante leste. Se você tiver um bom horizonte, poderá ver o planeta Saturno brilhando bem forte no interior da constelação do Leão. Mas não se iluda. Apesar de parecer bem brilhante, o gigantesco planeta está a mais de 1.3 bilhões de quilômetros de distância e é tão grande que seu brilho parece o de um farol!

Acima de Saturno temos a constelação de Hidra, com a estrela Alphard, a Alpha de Hidra, em destaque. Alphard é uma estrela muito distante, localizada a mais de 177 anos-luz da Terra, cerca de 1.6 quatrilhões de quilômetros.

Vire-se 90 graus à direita. Você estará olhando para o Sul e o destaque é outra bela constelação que durante muito tempo orientou os grandes navegadores: o Cruzeiro do Sul, que parece sempre abraçado pela constelação do Centauro.


Vênus e a Lua Minguante
Se você estiver na praia ou em um local com bom horizonte visual, não deixe de apreciar o nascer da Lua no quadrante leste. Isso vai acontecer a partir dos trinta minutos do começo do ano. Será um belo visual, com a Lua minguante nascendo sobre o horizonte tendo como companhias Saturno acima e à esquerda e o Cruzeiro do Sul, acima à direita.

Imperdível também será ver Vênus surgir no horizonte, às 3 horas da manhã. Com seu intenso brilho o planeta estará se elevando no céu acompanhado da constelação do Escorpião, com a gigantesca e avermelhada estrela Antares em seu centro.

Agora que você já conhece um pouco mais o firmamento do primeiro dia do ano, chame os amigos e reúna a família. Após o momento da confraternização leve-os para fora de casa e mostre a eles o céu. É uma boa maneira de começar a curtir o novo ano que bate à nossa porta. Feliz 2008!







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"O segredo em negócios é saber alguma coisa que mais ninguém sabe." - Aristóteles Onassis