Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Astronomia
Sexta-feira, 22 set 2006 - 13h49

Brasil inteiro acompanha o último eclipse de 2006

O Brasil inteiro acompanhou na manhã desta sexta-feira, o último eclipse de 2006

O eclipse foi do tipo anular, e teve início às 06h48 sobre o céu da Guiana e atingiu o máximo momento às 08h40, sobre o Atlântico Sul.

No Brasil, o toque da Lua na borda do disco solar ocorreu pouco depois do nascer do Sol na cidade de Oiapoque, no Amapá.

Na maior parte do país, apenas o eclipse parcial pode ser visto. Ao contrário de outras localidades sobre o Atlântico, onde a sobreposição da Lua entre a Terra e Sol formou uma espécie de anel luminoso, no Brasil a Lua cobriu somente parte do Sol.

Em São Paulo, a Lua tocou o disco solar pela manhã, às 06h41 e atingiu o máximo do encobrimento às 07h40. Neste momento, 38% do disco solar ficou obscurecido. O eclipse finalizou às 08h55.

O Apolo11 acompanhou eclipse na cidade de São Paulo, onde o tempo colaborou e permitiu uma visão constante do fenômeno.Veja algumas fotos, feitas pela equipe.

A imagem ao lado foi captada às 08h12 e foi feita através de câmeras digital Mini-DV com filtro de tonalidade 14 na frente da objetiva.
Ao lado vemos alguns dos participantes da observação.
À esquerda, a jornalista Maria Clara Machado, aoo centro, Rogério Leite, diretor do Apolo11. De azul, Rafael Bruno, cinegrafista da TV Climatempo e ao lado, de branco, Marcos Calil, diretor do planetário do Parque do Carmo, em São Paulo. Observe que todos uSAM o filtro de proteção recomendado, de tonalidade 14.
Nesta foto, o astrônomo Marcos Calil capta algumas cenas para o Planetario.
As duas cenas ao lado foram enviadas pelos internautas Cleber Eduardo Scheffer e Luciano Duarte e foram feitas da cidade de Alta Floresta D´Oeste, no sul de de Rondônia.

As imagens foram feitas às 06h40 local (07h40 Hora de Brasília) e de acordo com Duarte, o a tonalidade avermelhada do Sol foi motivada devido à umidade causada pelo temporal que atingiu a região na quinta-feira.



Esta foto foi feita pelo internauta Rafael Elias, de Goiânia, GO. Ela mostra a imagem do eclipse dentro de uma caixa de papelão, refletida através de um telescópio. Esse é um dos modos mais indicados para observar um eclipse do Sol, além de permitir a observação por um gupo maior de pessoas.

Segundo Rafael, o Sol nasceu coberto por algumas nuvens, que logo se dissiparam o que permitiu a observação do fenômeno.

Esta bela imagem foi captada no céu de Belém, capital do Pará. Para fazê-la, seu autor, o astrônomo amador Daniel Levi Rodrigues, utilizou um telescópio Meade Schmidt-Cassegrain, com objetiva de 200mm e dotado de um filtro solar Astrozap Baader e ocular de 40mm. A cena foi captada através de uma máquina Sony S90 digital a 1/800s e abertura f/5.6.






Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"As leis não são feitas para o homem bom" - Sócrates