Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Exibindo 1 a 15 de 1870     Início  |  Anterior  |  Próxima

Índice de fotos enviadas

Trio Fantástico
LUÍS ANTÔNIO DA SILVA BRAIZ - soledade
Trio Fantástico

“Trio fantástico”

Lua, Vênus e Júpiter

Ao amanhecer do dia 4 de fevereiro de 2008, novamente o céu de Soledade, município localizado ao norte do estado do Rio grande do Sul, junto às coordenadas de lat: 28°49’06’’ S e long: 52° 30’37’’ O, foi palco de mais uma fantástica apresentação espacial. Desta vez a conjunta dança entre a Lua, Vênus e júpiter, pôde ser atrativamente observada pelos amadores da ciência espacial e por todos aqueles em que num dispertar de segunda-feira, ao caminhar pelas ruas se deparavam com o trio espacial. A imagem acima registrada por um M-V220, descreve o momento exato onde às 06h20 minutos, a Lua em sua fase minguante côncavo na respectiva lunação de n° 1052, com uma área visível de 7%, no presente tempo universal TU= 8 horas e 20 minutos.

Do lado esquerdo e abaixo, observa-se o planeta Vênus com uma magnitude de –3.75 e com uma distância aproximada de 1.35406000 (AU) da Terra.

E para completar o grupo, o gigante planeta Júpiter se acomoda a poucos graus acima de Vênus e à esquerda da Lua, com magnitude de –1.42 e com uma distância aproximada de 6.02037000 AU da Terra.

E lembre-se, para acompanhar ao vivo, a localização e as leituras dos corpos espaciais, acima citados (Vênus, Júpiter e Lua) navegue aqui no site Apolo11, nos menus – Astronomia- A Lua Agora - e – Os Planetas Neste Momento-.

Até breve e céu limpo para todos!!

Por: Luís Antônio da Silva Braiz- Técnico Agroambiental e Espacial e Membro da The Planetary Society – Califórnia- EUA.

Foto enviada em 04/02/2008 - Tamanho original: 640 x 480 pixels



Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Roubar não é só meter a mão na carteira das pessoas. Roubar é gastar errado com mordomias, com obras faraônicas, privilegiando quem já tem." - Ciro Gomes