Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: temas_diversosx
Oriente Médio, 19 Ago 2006

Guerra causa vazamento de óleo no Mediterrâneo

Além da perda de vidas humanas causadas pelo conflito entre Israel e Líbano, na metade de 2006, outro desastre natural também preocupa no Oriente Médio. Trata-se do bombardeio da estação de força de Jiyyeh, que em julho lançou sobre o Mar Mediterâneo milhares de toneladas de óleo ao longo da costa libanesa.

Segundo organizações não governamentais, o vazamento de óleo se iguala ao acidente de 1989, envolvendo o petroleiro Exxon Valdez, cujas imagens de aves recobertas de óleo crú teimam em permanecer na memória.

No dia 10 de agosto, a mancha de óleo já chegava a 120 quilômetros de comprimento.

A Organização das Nações Unidas, o conselho da União Européia e da Organização Marítima Internacional reuniram-se nesta quinta-feira (17 de agosto) para definir a operação de limpeza da região, seriamente comprometida devido aos conflitos que ocorrem naquela região do globo.

Esta imagem MODIS, de resolução moderada, feita pelo satélite de sensoriamento remoto TERRA no dia 15 de agosto, mostra o Líbano, Síria e Mar Mediterrâneo. O óleo, proveniente da companhia de enegia elétrica Jiyyeh Power Station se propaga em direção norte, desde Beirute, capital libanesa. O óleo pode ser visto em tons ligeiramente mais escuros que o azul do oceano.

Nuvens brancas e brilhantes salpicam a faixa costeira, enquanto o interior do continente, mais árido, é visto na imagem em cor marrom. Na parte inferior esquerda da imagem ampliada, vemos o norte de Israel, onde se destacam o Lago Tiberíades ou Mar da Galiléia, na fronteira com a Síria e o Rio Jordão, entre Israel e Jordânia.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"A gente só diz sim ou não no casamento e, ainda assim, às vezes erra." - Itamar Franco