Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Clima e Meteorologia
10 dez 2006 - 18h28

Tufão Utor castiga ainda mais as Filipinas

A temporada de tufões de 2006 sobre o Pacífico Ocidental parece ter escolhido as Filipinas como alvo de demostração de força.

Nos útimos quatro meses as ilhas foram fortemente castigadas por quatro tufões. O último deles, Durian, deixou um rastro de 1000 mortos ao passar pela região no último dia 2 de dezembro. Veja matéria

Na manhã de hoje (10/dez) foi a vez de outro tufão, Utor, atingir a região central das Filipinas. Segundo fontes locais, pelo menos três pessoas foram mortas nas ilhas do leste e diversas cidades estão sem energia elétrica.

Utor atingiu o arquipélago com ventos de 120 km/h e violentas rajadas que chegaram a mais de 150 km/h. Os residentes no oeste da ilha de Mindoro, 120 km ao sul da capital Manila, foram orientados a se deslocarem para as partes mais altas, devido aos riscos das inundações-relampâgo.

Na imagem mostrada, feita na última sexta-feira (08/12) pelo satélite geoestacionário MTSAT, vemos o tufão Utor antes de atingir o arquipélago, ainda na condição de ciclone tropical.

Neste momento Utor se localiza sobre o Mar da China. De acordo com especialistas em tempestades severas, os ventos da tormenta devem continuar se intensificando e podem atingir 250 km. Isso fará de Utor um poderoso super tufão de categoria 5 na escala Saffir-Simpson, que mede a intensidade dos furacões e que vai até 5.

Utor se move em sentido oeste a 18 km/h. Mantendo esse movimento o olho do tufão deverá tocar a costa da China no próximo fim de semana.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"O homem é sábio quando procura a sabedoria. Quando pensa que a encontrou é burro." - Talmud