Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Espaço - Onibus Espacial
Segunda-feira, 13 jul 2009 - 09h41

Com transmissão ao vivo Endeavour será lançado esta noite

A agência Espacial americana, Nasa, confirmou para a noite desta segunda-feira o lançamento do ônibus espacial Endeavour com destino à ISS. Esta será a quarta tentativa de lançamento do cargueiro americano e deverá ocorrer às 19h51 pelo Horário de Brasília.


Clique para ampliar

Como das vezes anteriores, o lançamento será retransmitido pelo Apolochannel, que retransmite a Nasa-TV. O evento também contará com um chat à disposição dos internautas que poderão tirar dúvidas e conversar sobre o lançamento.

Esta será a quarta tentativa de lançamento da missão STS-127. O primeiro adiamento ocorreu com a detecção de um vazamento nas linhas de alimentação do tanque externo de combustível enquanto os outros dois adiamentos ocorreram por conta das más condições do tempo próximo à base de Cabo Kennedy, na Flórida.

No sábado os engenheiros suspenderam o lançamento após violentas tempestades de raios atingirem o topo da plataforma de lançamento, o que provocou uma inspeção em busca de danos que pudessem colocar em risco a missão. Confirmado a integridade do ônibus espacial, nova tentativa de lançamento foi marcada para o domingo, mas a aproximação de uma tempestade vinda do golfo do México fez os controladores suspenderam a contagem regressiva por quando faltavam apenas 7 minutos para a ignição.

O lançamento dessa segunda-feira poderá ser acompanhado ao vivo através do canal Apolochannel , que retransmite a Nasa-TV.


Seqüência
Acompanhe abaixo uma típica sequência de lançamento dos ônibus espaciais e alguma das frases que podem ser ouvidas entre os astronautas e o Capcom, a única pessoa autorizada a falar com os tripulantes.

T-2 minutos
Dois minutos antes do lançamento, a tripulação é orientada a fechar e travar as viseiras dos capacetes.

T-16 segundos
Entra em ação o sistema líquido de supressão de ruídos. Nesse instante a plataforma é literalmente inundada com 900 mil litros de água, com o objetivo de formar um um colchão líquido abaixo dos foguetes e que reduzem o nível do ruído que poderia danificar os instrumentos a bordo do compartimento de carga.

T-10 segundos
Ignitores queimam sobras de hidrogênio abaixo dos três motores principais. É possível ver chamas azuladas abaixo dos bicos queimadores.

LIFTOFF (lançamento)
A nave deixa o solo, ao mesmo tempo que o narrador oficial da Nasa cita uma frase que representa a missão que se inicia. Na missão STS-115 o narrador diz "3, 2, 1, zero e... lançamento do Onibus Espacial Atlantis, abrindo um novo capítulo na construção da Estação Espacial Internacional, para o futuro da colaboração das nações no espaço".

+30 segundos
Os dos foguetes de combustível sólido SRBs aceleram fortemente o ônibus espacial durante 90 segundos, até que atinja o máximo de pressão aerodinâmica permitida. Esse momento é conhecido como MAX-Q. A estrutura está no limite da capacidade.

+2 minutos
O ônibus espacial atinge 45 quilômetros de altitude. Sua velocidade é de 4828 km/h e continua acelerandos cada vez mais. Os dois foguetes de combustível sólido se separam da estrutura.

+4 minutos
Quatro minutos após o lançamento, a aceleração e velocidade adquiridas já não permitem que a missão seja abortada. Não é mais possível fazer o ônibus espacial aterrisar em segurança em alguma das pistas de emergência localizadas nos EUA, África e Espanha. Essa condição é confirmada pelo rádio através da expressão "Negative Return", facilmente identificada.

+5 minutos
A nave atinge 160 km de distância da base de lançamento de Cabo Kennedy.

+6 minutos
Restam menos de dois minutos para o término da fase de propulsão por foguetes. Se tudo estiver correto, é possível identificar pelo rádio a frase: "Press to Meco", o que significa que as condições de impulso, rumo e velocidade alcançadas permitem que o ônibus espacial atinja a órbita, mesmo que um dos motores falhe.

+8 minuto
MECO. As comunicações entre o ônibus espacial e o centro de controle da missão confirmam o corte dos motores principais. O tanque é ejetado. O comandante informa que as câmeras dispostas do lado externo da nave vão capturar diversas imagens em alta resolução do tanque externo. Essas imagens servirão para posterior verificação das condições em que foi ejetado. A nave está em órbita.


Foto: Imagem feita instantes depois do anúncio do adiamento mostra as condições do tempo no Centro de Controle em Cabo Kennedy, próximo à base de lançamento. Crédito: Nasa/Bill Ingall.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Dignidade não consiste em possuir honrarias, mas em merecê-las" - Aristóteles