Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Espaço - Onibus Espacial
Sábado, 28 mar 2009 - 17h26

Missão cumprida: Após 12 dias no espaço Discovery retorna à Terra

Após viajar por mais de 8.5 milhões de quilômetros ao redor da Terra, o ônibus espacial Discovery pousou na pista número 15 do Centro Espacial Kennedy, na Flórida, finalizando com sucesso a missão STS-119. O toque do trem de pouso sobre o asfalto ocorreu exatamente às 16h13m17, enquanto a nave se deslocava a 320 km/h. A parada total do engenho ocorreu 90 segundos depois.

"Bem vindo ao lar, Discovery, após a grande missão de levar força máxima à ISS", disse o CAPCOM George Zamka. "Muito obrigado, é muito bom estar em casa de novo", respondeu o comandante do transportador, Lee Archambault.

Dos 12 dias e 19 horas que duraram a missão, a nave norte-americana permaneceu oito dias atracada à Estação Espacial Internacional, realizando principalmente tarefas ligadas à ampliação da geração elétrica do complexo orbital. A missão marcou o 36º vôo da Discovery e o 125º do Programa de Ônibus Espaciais.

A missão STS-119 foi a responsável por levar à ISS o astronauta japonês Koichi Wakata que assumiu o posto de engenheiro de vôo da Estação Espacial no lugar da astronauta Sandra Magnus, a bordo da Estação há mais de quatro meses. Sandra retornou à Terra junto à tripulação da Discovery após 134 dias na ausência de gravidade. Wakata permanecerá no espaço até junho de 2009.


Missão Cumprida
Durante o tempo em que permaneceram na ISS, os astronautas instalaram o grande suporte S6 e o conjunto final de painéis solares necessários à ampliação da capacidade elétrica da Estação Espacial Internacional, ISS. Além disso, os astronautas realizaram os preparativos necessários à troca de um conjunto de baterias, que será realizada na próxima missão e instalaram um novo sistema de antenas de sinais GPS no módulo japonês Kibo.

O suporte S6 (S6 Truss) foi instalado na ISS durante a primeira EVA (atividade extraveicular, ou passeio espacial), juntamente com os novos painéis e os motores de rastreio solar que permitem que a estrutura de captação fique apontada continuamente para o Sol. Os painéis ampliarão a capacidade elétrica da ISS e junto com os captadores já instalados fornecerão entre 84 e 120 Kilowatts de energia, o suficiente para abastecer até 40 residências de médio porte. A ampliação foi necessária devido à maior demanda prevista, uma vez que a tripulação fixa da ISS passará de 3 para 6 pessoas ainda este ano. Além disso, os novos experimentos científicos exigirão maior capacidade de carga do sistema.


Foto: No topo, imagem panorâmica mostra o momento exato do trem de pouso principal do transportador sobre a pista do Centro Espacial Kennedy, na Flórida. Acima, vídeo mostra o pouso da nave. Créditos: Nasa/Youtube.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"O acaso não existe; o que chamamos de acaso é o efeito de uma causa que não conhecemos" - Voltaire