Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Espaço - Estação Espacial
Segunda-feira, 1 nov 2010 - 09h41

Na última missão, Discovery levará primeiro robonauta ao espaço

Se tudo transcorrer normalmente, na próxima quarta-feira o ônibus espacial Discovery entrará novamente para a história. A nave fará sua última missão e entre outras tarefas levará ao espaço o Robonauta R2, o primeiro robô humanoide a entrar para a era espacial.

Tripulação STS-133

Oficialmente chamada STS-133, a missão terá início no momento em que a nave for lançada da base de Cabo Kennedy, na Flórida, às 18h17 pelo horário de Brasília. Essa será a 39º viagem do Discovery e a 13º com destino à Estação Espacial Internacional, ISS.

O Discovery foi construído entre 1979 e 1983 e desde que foi lançado em 1984, orbitou a Terra por mais de 5500 vezes, percorrendo mais de 230 milhões de quilômetros durante os 351 dias e 17 horas que permaneceu no espaço.

A missão, composta por seis tripulantes, deverá permanecer 11 dias no espaço e tem como objetivo a entrega na ISS do módulo Leonardo, uma espécie de contêiner modificado que deverá ser anexado permanentemente à Estação Espacial.

Comandante Steve Lindsey Ônibus Discovery

Além de Leonardo, o Discovery também transporta o módulo LDIR (Laser Dragoneye Imaging Detection and Ranging), um sistema de navegação de última geração operado por laser, que guiará a futuras nave de cargas Dragon durante a aproximação da Estação Espacial.

A Dragon é uma nave reutilizável e pertence à empresa SpaceX, que ganhou o contrato para 12 voos de transporte até a ISS entre 2012 e 2015. Após cada missão a nave retornará à Terra de paraquedas, caindo no oceano Pacífico.


Robonauta 2
Composta de seis astronautas veteranos, a missão leva de carona um sétimo passageiro que promete atrair todos os olhares. Trata-se do Robonauta R2, o primeiro robô humanoide a entrar para a era espacial.

Robonauta 2 foi construído com o objetivo de auxiliar nas tarefas externas da Estação Espacial, especialmente naquelas que envolvem maior risco aos astronautas ou na instalação dos experimentos nos módulos externos da Estação.

Apesar de estar em fase de desenvolvimento, não há planos da Nasa para trazer Robonauta 2 de volta à Terra, devendo ser o único morador permanente do complexo orbital. Antes de iniciar as operações, R2 precisará ser desembalado e montado, o que levará alguns meses.


Ao vivo
Todas as tarefas da missão STS-133 serão transmitidas ao vivo pelo Apolochannel, que retransmite a Nasa-TV. Durante as transmissões estará disponível um chat onde os usuários poderão acompanhar a missão em grupo. Assista o Apolochannel



Foto: No topo, tripulação da missão STS-133 posa ao lado do Robonauta R2. Na sequência, comandante Steve Lindsey treina no simulador do ônibus Discovery, na base de lançamentos de Cabo Kennedy, na Flórida. No vídeo, demonstração do Robonauta 2. Créditos: Nasa/Youtube.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"O diabo é um otimista se pensa que pode fazer as pessoas piores do que são. " - Karl Kraus