Espaço, Ciência e Tecnologia. Educação Científica.
Tudo o que acontece na Terra e no espaço
você encontra aqui.
     

A arte de fotografar a Lua

Notícia enviada em 21/12/2013
por Rodolfo Bonafim - São Paulo/SP
Simplesmente grosso modo, fotografar a Lua cheia, é como fotografar um rosto humano sob luz frontal direta. As imperfeições da pele, que no fundo são detalhes, são suprimidos da foto.

Analogamente, a fotografia da Lua cheia, fica extremamente uniforme, desprovida de altos contrastes entre regiões claras e escuras. O ideal é fotografar a ",rainha da noite", quando a mesma está em quadratura, ou seja na fase crescente ou minguante, ocasiões nas quais a Lua está sendo iluminada pelo ",astro-rei", sob ângulo inclinado. Aí sim, sob ângulo Terra - Lua - Sol aproximadamente reto, vemos apenas cerca da metade do disco lunar, no período em que a parte iluminada está em crescimento. Nesse caso, o alto contraste entre sombras e regiõs claras propicia a fotografia de detalhes até sutis do nosso satélite natural...

Mas, não basta esperar a melhor fase lunar para garantir os melhores ",cliques",. O equipamento fotográfico conta, bem como treinamento para aguçar mais a visão, bem como outras técnicas, tais como escolher os melhores tempos de exposição, acertar o foco precisamente, acoplar com firmeza a câmera sem lente (objetiva) ao telescópio no caso de técnica de projeção de ocular, esperar o amortecimento das vibrações no tripé do telescópio, etc....E a atmosfera não basta ter céu limpo, é preciso tsambém que não haja turbulência para que o limbo lunar não tenha aspecto bruxuleante.....

Aparentemente, parece fácil fotografar a Lua.Até que sim, desde que se usem as técnicas e equipamentos corretos. No entanto, não é nada fácil promover o balanceamento, o equilíbrio entre áreas e áreas escuras...

A foto anexa, foi o aproveitamento de uma ocasião, quando a Lua estava na fase gibosa ( situada entre o quarto crescente e a Lua cheia. Data: 14 de dezembro último. Local: platô com cerca de

1000 metros de altitude, onde abrigará brevementedo as instalações do Polo Astronômico da cidade de Amparo - SP.

Equipamento: telescópio refrator de 150 mm de abertura e câmera digital Canon.

Autoria: Rodolfo Bonafim e Carlos Mariano.

Rodolfo Bonafim enviou 942 notícias








  ENVIE SUA NOTÍCIA   Edite sua assinatura
  
Cadastre sua assinatura


Título da Notícia


Escreva sua Notícia


Envie uma Foto (opcional)
     Ajuda




Seu Nome

Seu E-mail

Estado



Digite o código ao lado
SEM o primeiro caractere


  


Dicas para um bom texto

1 - Não escreva tudo em maiúsculas ou minúsculas. Use os acentos corretamente.
Use sempre um corretor ortográfico!

2 - Não escreva seu texto com apenas 1 parágrafo: com certeza faltarão informações.

3 - Não escreva textos longos: serão cansativos. Dê brilho à sua notícia. Seja um redator!

4 - Dê preferência às notícias em tempo real, que ocorrem próximos à você, como tremores, fenômenos atmosféricos, astronômicos, óticos e até de condições do trânsito comprometidas por fenômenos naturais.


MUITO IMPORTANTE

1 - Antes de serem publicados, todos os textos serão verificados.

2 - A cópia de material da internet é ilegal.
As notícias ou matérias devem ser escritas pelo próprio internauta.
Fotos enviadas devem ser livres de direitos autorais.

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Deve-se dizer sempre a verdade, mas nem todas as verdades se devem dizer" - Rainha Cristina