Espaço, Ciência e Tecnologia. Educação Científica.
Tudo o que acontece na Terra e no espaço
você encontra aqui.
     

Abalo Sísmico

Notícia enviada em 05/05/2007
por Rosecler Ap. Ferreira Beraldo - São Paulo/SP
Ontem dia 04 de maio de 2007, tive uma experiência interessante.

Por volta das 12 horas eu estava em meu escritório, quando senti um tremor, parecia um abalo sísmico, os objetos e as janelas tremeram, foi muito rápido, cerca de 2 a 3 segundos.

Procurei informações neste site para saber se nessa mesma hora houve algum abalo, e coincidentemente houve sim.

Ás 12h00 houve um terremoto em Porto Rico de magnitude 3.1 e outro às 12h49 nas Ilhas Acessão, de magnitude 6.1.

Será que as ondas chegaram até no meu escritório?

Pode ser?

Rosecler Ap. Ferreira Beraldo enviou 1 notícia















  ENVIE SUA NOTÍCIA   Edite sua assinatura
  
Cadastre sua assinatura


Título da Notícia


Escreva sua Notícia


Envie uma Foto (opcional)
     Ajuda




Seu Nome

Seu E-mail

Estado



Digite o código ao lado
SEM o primeiro caractere


  


Dicas para um bom texto

1 - Não escreva tudo em maiúsculas ou minúsculas. Use os acentos corretamente.
Use sempre um corretor ortográfico!

2 - Não escreva seu texto com apenas 1 parágrafo: com certeza faltarão informações.

3 - Não escreva textos longos: serão cansativos. Dê brilho à sua notícia. Seja um redator!

4 - Dê preferência às notícias em tempo real, que ocorrem próximos à você, como tremores, fenômenos atmosféricos, astronômicos, óticos e até de condições do trânsito comprometidas por fenômenos naturais.


MUITO IMPORTANTE

1 - Antes de serem publicados, todos os textos serão verificados.

2 - A cópia de material da internet é ilegal.
As notícias ou matérias devem ser escritas pelo próprio internauta.
Fotos enviadas devem ser livres de direitos autorais.

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"A recordação da alegria não é mais alegria / enquanto a recordação da dor é dor ainda" - Byron