Espaço, Ciência e Tecnologia. Educação Científica.
Tudo o que acontece na Terra e no espaço
você encontra aqui.
     

Alerta: vem aí, frio muito intenso!

Notícia enviada em 19/07/2013
por Rodolfo Bonafim - São Paulo/SP
Sim, até o momento o inverno 2013 segue com padrão ameno muito semelhante ao padrão de 2012, pelo menos no litoral paulista (especialmente a Baixada Santista) Até o momento, pois prognósticos de modelos numéricos apontam a chegada de intensa massa de ar polar para o início da semana que vem...

Embora, massas de ar polar não sejam raras mesmo em invernos amenos, não se tem ainda causas para tão intensa onda de frio, que deverá causar impactos significativos na produção agrícola e nas populações urbanas....

O que justifica tamanho poderio é o fato de que já desde meados desta semana, a Argentina, Uruguai e parte do Rio Grande do Sul têm experimentado digamos, uma “pequena amostra” do frio que virá por aí... É que a origem deste frio reside entre a Antártida e a Terra do Fogo (arquipélago do extremo sul da América do Sul, ver imagem anexa).

A corrente de jato polar (ventos fortes em níveis altos da atmosfera) que estava na Patagônia em 16 de julho, alcançou no dia seguinte, a província de Buenos Aires. A temperatura no Aeroporto de Ezeiza que era de 15ºC à meia-noite, caiu às 9h da manhã para somente 5ºC com chuva e ventos fortes.

Já em Montevidéu no Uruguai no mesmo dia, 16ºC, apenas.

Isto deve ser só mero “aperitivo”.

Deverá gear amplamente até no oeste paulista (região de Presidente Prudente). Nevadas poderão ocorrer na serra gaúcha e planalto catarinense, embora ressalte que para este fenômeno, não basta a temperatura atingir o ponto de congelamento – é preciso umidade abundante na atmosfera, ao contrário da geada, que acontece sob perda radiativa do calor do dia, sob céu estrelado e com pouco ou nenhum vento (calma atmosférica).

Espera-se forte incursão de massa de ar polar para o restante da região sul brasileira para o domingo próximo e início da semana para a região sudeste, centro-oeste e sul amazônico, onde terá lugar o fenômeno da friagem.

Em Cuiabá, a título de exemplo, uma das capitais mais quentes do Brasil, espera-se máximas não ultrapassando os 18ºC em em meados da semana próxima...

Agora, vamos ver até que ponto chegará o frio para o litoral paulista, capital Vale do Paraíba (pela sua configuração geográfica, o litoral, exceto o extremo sul e Vale do Ribeira, deverá ser menos atingido pela onda de frio).

Imagem anexa: pulsos de onda de frio com origem entre a Antártida e a Terra do Fogo – observe-se que o sul da América do Sul será mais ostensivamente atingida do que o sul da África.

Rodolfo Bonafim

Diretor Científico da ONG Amigos da Água (especialista em Climatologia, Astronomia e Geologia Ambiental)

Rodolfo Bonafim enviou 940 notícias








  ENVIE SUA NOTÍCIA   Edite sua assinatura
  
Cadastre sua assinatura


Título da Notícia


Escreva sua Notícia


Envie uma Foto (opcional)
     Ajuda




Seu Nome

Seu E-mail

Estado



Digite o código ao lado
SEM o primeiro caractere


  


Dicas para um bom texto

1 - Não escreva tudo em maiúsculas ou minúsculas. Use os acentos corretamente.
Use sempre um corretor ortográfico!

2 - Não escreva seu texto com apenas 1 parágrafo: com certeza faltarão informações.

3 - Não escreva textos longos: serão cansativos. Dê brilho à sua notícia. Seja um redator!

4 - Dê preferência às notícias em tempo real, que ocorrem próximos à você, como tremores, fenômenos atmosféricos, astronômicos, óticos e até de condições do trânsito comprometidas por fenômenos naturais.


MUITO IMPORTANTE

1 - Antes de serem publicados, todos os textos serão verificados.

2 - A cópia de material da internet é ilegal.
As notícias ou matérias devem ser escritas pelo próprio internauta.
Fotos enviadas devem ser livres de direitos autorais.

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"A melhor política consiste em dizer a verdade, a menos que a pessoa tenha uma habilidade excepcional para mentir" - Jerome K. Jerome