Espaço, Ciência e Tecnologia. Educação Científica.
Tudo o que acontece na Terra e no espaço
você encontra aqui.
     

Altos índices de chuva e de umidade relativa em Santos

Notícia enviada em 14/05/2015
por Rodolfo Bonafim - São Paulo/SP
Desde a zero hora do dia 01 deste maio de 2015 até o momento deste reporte (14 de maio de 2015, às 02:45), o índice pluviométrico em Santos, medido pelos pluviômetros convencional e digital da Estação Amigos da Água), atinge a elevada marca de 127 milímetros por metro quadrado, o que representa cerca de 87% da média para o mês de maio na cidade. Sem dúvidas, uma marca respeitável, uma vez que a primeira quinzena do mês ainda nem terminou...

Bom para o conforto hídrico de abastecimento da Baixada Santista como um todo, inclusive pelo fato de que esta região não possui reservatórios, o que é uma vantagem, pois a água é captada diretamente nos rios da região.

Por que está chovendo tanto em Santos e região?

Antes de mais nada, diga-se de passagem, nem se define estação seca para esta região metropolitana do estado de São Paulo e sim uma estação menos chuvosa. Apesar dessa marca da região, o mês de maio não é um mês muito chuvoso, pois as frentes frias e respectivas massas polares nas suas retaguardas, via de regra, penetram nas Regiões Sudeste, Centro-Oeste e por vezes até o sul amazônico (Rondônia e Acre), pelo interior do continente, baixando drasticamente as temperaturas, especialmente as mínimas, podendo haver geadas, inclusive o fenômeno da ",friagem", no sul amazônico. É o efeito que se conhece como ",continentalidade",, onde o frio é mais rigoroso e seco. No litoral paulista, este efeito é menos pronunciado, devido ao efeito conhecido como ",maritimidade", - salvo invasão de massas polares extremamente poderosas, como por exemplo a de julho de 1994, quando a mínima atingiu apenas 7ºC em Santos (centro) e 5ºC na Base Aérea, que se localiza em área verde e descampada do Distrito de Vicente de Carvalho, afastada das ilhas de calor urbanas, no Guarujá!

Mas, este ano observamos uma sucessão de massas polares com trajetórias marítimas, onde se advecta-se (movimento horizontal do ar) muita umidade do mar para a orla e o continente, criando-se nuvens baixas como nimbos-estratos e cúmulos rasos (estes, onde não há desenvolvimento vertical suficiente para desencadear trovoadas), e com isso, chuvas intermitentes, por vezes com intensidade moderada.

Elevado índice de umidade relativa em Santos

Devido ao céu encoberto por muitas nuvens, pouca insolação e chuvas na maior parte dos últimos dias, a média de umidade relativa está em aproximadamente 75%, acima da zona de conforto climatológico. É necessário ventilar bem o interior das residências, por conta de fungos e ácaros. Alergias podem se desencadear mais facilmente, sendo que as pessoas já propensas tendem a correr mais riscos....

Rodolfo Bonafim

Diretor Científico da ONG Amigos da Água

Rodolfo Bonafim enviou 942 notícias








  ENVIE SUA NOTÍCIA   Edite sua assinatura
  
Cadastre sua assinatura


Título da Notícia


Escreva sua Notícia


Envie uma Foto (opcional)
     Ajuda




Seu Nome

Seu E-mail

Estado



Digite o código ao lado
SEM o primeiro caractere


  


Dicas para um bom texto

1 - Não escreva tudo em maiúsculas ou minúsculas. Use os acentos corretamente.
Use sempre um corretor ortográfico!

2 - Não escreva seu texto com apenas 1 parágrafo: com certeza faltarão informações.

3 - Não escreva textos longos: serão cansativos. Dê brilho à sua notícia. Seja um redator!

4 - Dê preferência às notícias em tempo real, que ocorrem próximos à você, como tremores, fenômenos atmosféricos, astronômicos, óticos e até de condições do trânsito comprometidas por fenômenos naturais.


MUITO IMPORTANTE

1 - Antes de serem publicados, todos os textos serão verificados.

2 - A cópia de material da internet é ilegal.
As notícias ou matérias devem ser escritas pelo próprio internauta.
Fotos enviadas devem ser livres de direitos autorais.

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"A medida que se depravam os costumes, multiplicam-se as leis" - Macróbio, século V