Espaço, Ciência e Tecnologia. Educação Científica.
Tudo o que acontece na Terra e no espaço
você encontra aqui.
     

Anatomia climática do litoral, capital e interior paulistas - final inverno!

Notícia enviada em 12/09/2012
por Rodolfo Bonafim - São Paulo/SP
Os meteogramas abaixo, são muito reveladores.

Mostram a grande diferença climática entre o litoral paulista (Santos), interior (Ribeirão Preto, na norte do estado) e a capital. Esta última atingiu dias atrás índices de umidade relativa comparáveis aos desertos (9% e 21 de Agosto em Congonhas, estado de emergência segundo a Organização Mundial de Saúde). Ontem, dia 11 de Setembro, Congonhas atingiu 25% (veja meteograma anexo), caracterizando estado de atenção, o que não é tão baixo, haja vista outros dias muito mais secos. Mas, o que de fato chama mesmo a atenção, é São Paulo ter tido no dia 21 de Agosto, por exemplo (entre outros dias), níveis de secura do ar inferiores aos de Riibeirão Preto, no norte paulista, cidade muito mais distante da influência do mar (maritimidade)

do que a capital, que dista apenas 65 Km de Santos, no litoral. As temperaturas máximas também impressionam: 33ºC, anteontem, dia 10 de Setembro, valor muito próximo ao da cidade de Ribeirão Preto. O que fica patente, é a degradação do clima ambiental urbano, pois até o início dos anos 1990, a capital mesmo na estação mais seca do inverno, não experimentava tanta ressequidão do ar e máximas tão elevadas. Já, Ribeirão Preto, uma cidade de porte grande, mas imensamente menor em área urbana em relação à capital, não tem experimentado valores de ar tão seco como na metrópole paulistana, pois mesmo com certa degradação urbana ambiental, Ribeirão não foi tão afetada, pois mantém máximas e índices de umidade que são mais típicos mesmo de sua situação geográfica (latitude mais baixa em relação a São Paulo) e a altitude relativamente baixa (531 metros contra a média de 792 metros da capital) do que pela degradação ambiental!

No caso da capital, temos diferenças térmicas de cerca de 10ºC ou mais, entre os bairros mais centrais e quentes como a Freguesia do Ó, Pirituba e Perus e Parelheiros, no extremo da zona sul, em meio a reserva da Mata Atlântica.... É claro, que uma cidade precisa se desenvolver, e sempre certos problemas ambientais são intrínsecos, porém o correto seria ter-se uma cidade sustentável. Por fim, Santos, pelo meteograma (na verdade os da Base Aérea, que fica em local longe da área urbana da cidade, em local descampado na Ilha de Santo Amaro (Guarujá)), observamos mínima mais alta e máxima mais baixa em relação à capital e interior, tipicamente situação climática, quando a temperatura superficial do mar está mais baixa durante o ano!!! E a umidade relativa na Base Aérea ficiu ontem ( e tem ficado nos últimos dias) na zona de conforto (60%)....

Fonte dos meteogramas: CPTEC/INPE.

Rodolfo Bonafim

Diretor Científico da ONG Amigos da Água

Rodolfo Bonafim enviou 942 notícias








  ENVIE SUA NOTÍCIA   Edite sua assinatura
  
Cadastre sua assinatura


Título da Notícia


Escreva sua Notícia


Envie uma Foto (opcional)
     Ajuda




Seu Nome

Seu E-mail

Estado



Digite o código ao lado
SEM o primeiro caractere


  


Dicas para um bom texto

1 - Não escreva tudo em maiúsculas ou minúsculas. Use os acentos corretamente.
Use sempre um corretor ortográfico!

2 - Não escreva seu texto com apenas 1 parágrafo: com certeza faltarão informações.

3 - Não escreva textos longos: serão cansativos. Dê brilho à sua notícia. Seja um redator!

4 - Dê preferência às notícias em tempo real, que ocorrem próximos à você, como tremores, fenômenos atmosféricos, astronômicos, óticos e até de condições do trânsito comprometidas por fenômenos naturais.


MUITO IMPORTANTE

1 - Antes de serem publicados, todos os textos serão verificados.

2 - A cópia de material da internet é ilegal.
As notícias ou matérias devem ser escritas pelo próprio internauta.
Fotos enviadas devem ser livres de direitos autorais.

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Cada vez que eu indico alguém para um cargo, crio 10 inimigos e um ingrato" - Molière