Espaço, Ciência e Tecnologia. Educação Científica.
Tudo o que acontece na Terra e no espaço
você encontra aqui.
     

As formas indiretas do ciclone extratropical

Notícia enviada em 24/06/2012
por Rodolfo Bonafim - São Paulo/SP
Somente podemos ver um ciclone extratropical a partir do alto, de imagens de satélites, onde ele se assemelha a um furacão, embora sem aquela configuração desenvolvida de espiral, típica de furacões e tufões...

Mas, ontem em Santos, as marcas do ciclone, além de ter trazido ventos de até 45Km/h por volta do anoitecer da sexta-feira, pôde-se observar no céu, nuvens muito altas (a partir de 6000 metros de altitude em relação ao nível médio do mar), provenientes das instabilidades proporcionadas pela baixa pressão do ciclone, embora não tenha havido convecção, ou seja, trovoadas, por exemplo, uma vez que o gradiente térmico vertical - diferença de temperaturas ao longo da coluna da troposfera (camada mais baixa da atmosfera, palco da maior parte dos fenômenos meteorológicos) era pequeno.

No caso, pela imagem composta, observa-se à esquerda, nuvens cirros-cúmulos da espécie stratiformis ondulatus, conhecida provavelmente por marujos, como ",céu de cavalinha",, uma alusão ao padrão estriado da pele do peixe cavalinha... (à direita).

Áreas do céu cobertas por cirros-cúmulos indicam muita umidade na alta troposfera e também, o aspecto de ondas encrespadas mostram que os ventos estão fortes naquela altitude. Em Mecânica dos Fluidos, área da Física estudada por engenheiros mecânicos, hidráulicos e aeronáuticos principalmente (embora também faça parte do currículo de outras engenharias), bem como climatologistas e meteorologistas, esse padrão de formato de nuvens, sugere um fluxo de regime turbulento.

As ondas do ",céu de cavalinha", parecem-se com as ondas do mar. Mas, guardadas certas diferenças, as ondas de nuvens ocorrem quando o ar acima delas se movimenta numa velocidade e/ou direção diferente da parte de baixo e aí, a região entre essas duas correntes de ar acaba ondulando como na superfície do mar - é o resultado de duas forças opostas agindo numa área onde os ventos sofrem ",cisalhamento",....

Rodolfo Bonafim enviou 940 notícias








  ENVIE SUA NOTÍCIA   Edite sua assinatura
  
Cadastre sua assinatura


Título da Notícia


Escreva sua Notícia


Envie uma Foto (opcional)
     Ajuda




Seu Nome

Seu E-mail

Estado



Digite o código ao lado
SEM o primeiro caractere


  


Dicas para um bom texto

1 - Não escreva tudo em maiúsculas ou minúsculas. Use os acentos corretamente.
Use sempre um corretor ortográfico!

2 - Não escreva seu texto com apenas 1 parágrafo: com certeza faltarão informações.

3 - Não escreva textos longos: serão cansativos. Dê brilho à sua notícia. Seja um redator!

4 - Dê preferência às notícias em tempo real, que ocorrem próximos à você, como tremores, fenômenos atmosféricos, astronômicos, óticos e até de condições do trânsito comprometidas por fenômenos naturais.


MUITO IMPORTANTE

1 - Antes de serem publicados, todos os textos serão verificados.

2 - A cópia de material da internet é ilegal.
As notícias ou matérias devem ser escritas pelo próprio internauta.
Fotos enviadas devem ser livres de direitos autorais.

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Na política, a mentira de ontem é atacada somente para bajular a de hoje" - Jean Rostand