Espaço, Ciência e Tecnologia. Educação Científica.
Tudo o que acontece na Terra e no espaço
você encontra aqui.
     

Baixa sensação térmica na Baixada Santista

Notícia enviada em 06/10/2014
por Rodolfo Bonafim - São Paulo/SP
Os ventos moderados que sopram do oceano para a orla, consequências da intensa massa de ar polar, causam aliadas à temperatura do ar, baixa sensação térmica na Baixada Santista.

Para efeito de registro, em Santos, por volta das 21 horas deste domingo, dia 05 de outubro de 2014 (ontem), na estação Amigos da Água, sob vento com velocidade máxima de 20Km/h e temperatura do ar de 20,2ºC, a sensação térmica foi de apenas 17ºC. Em contrapartida, no mesmo horário, na orla marítima também de Santos (Ponta da Praia), sob ventos de velocidade máxima de 30Km/h e temperatura de 19,1ºC, a sensação foi considerável: apenas 13ºC.

Em São Vicente, (21 horas), numa praça nas proximidades da Rua Djalma Dutra (próxima à Igreja Matriz), com temperatura de 20,5ºC e velocidade máxima dos ventos em 12Km/h, a sensação foi de 18ºC.

E no Guarujá (entre as praias de Astúrias e Pitangueiras), também às 21 horas, com velocidade máxima dos ventos em 22Km/h e temperatura de 21ºC, a sensação foi de 18ºC.

Percebe-se que na orla marítima (Ponta da Praia em Santos, como modelo), devido ao menor refreamento da velocidade do ventos por quase ausência de obstáculos e sob menores temperaturas (devido à ausência ou pequena influência da ilha de calor urbana), a sensação foi a menor dentre os outros locais de observação.

No Guarujá, mesmo na orla, no caso, entre as praias de Pitangueiras e Astúrias, a sensação térmica foi maior do que a registrada em Santos, na estação Amigos da Água, local que está bem afastado da orla e ",sente", os efeitos da ilha de calor, e igual à sensação em São Vicente, também em local afastado da orla (proximidades do centro), e vejam que este local de medição está ",meio", livre da obstrução urbana (espigões) e ainda assim possui temperaturas noturnas relativamente acima da média em relação a outros locais do Guarujá, como Vicente de Carvalho (consideravelmente mais fria no período noturno). Conclusão: se nesse lindo recanto da orla do Guarujá comporta-se assim do ponto de vista climatológico, imaginem nas ruas paralelas internas (mais afastadas da orla), como ocorre: a construção desenfreada de tantos espigões não só na orla, como também nas ruas laterais, tais como Mário Ribeiro e ruas mais atrás que desembocam na Avenida Leomil, somada à topografia local (cercada de morros), fizeram uma espécie de arco, onde a brisa marinha está extremamente defasada, criando temperaturas maiores do que deveria ser mais naturalmente. Se tivesse havido maior cuidado no critério de obras civis de elevada altura, quanto ao conforto climatológico e ambiental, certamente não ocorreria essa brisa tão fraca...

Rodolfo Bonafim

Diretor Científico da ONG Amigos da Água

Rodolfo Bonafim enviou 942 notícias








  ENVIE SUA NOTÍCIA   Edite sua assinatura
  
Cadastre sua assinatura


Título da Notícia


Escreva sua Notícia


Envie uma Foto (opcional)
     Ajuda




Seu Nome

Seu E-mail

Estado



Digite o código ao lado
SEM o primeiro caractere


  


Dicas para um bom texto

1 - Não escreva tudo em maiúsculas ou minúsculas. Use os acentos corretamente.
Use sempre um corretor ortográfico!

2 - Não escreva seu texto com apenas 1 parágrafo: com certeza faltarão informações.

3 - Não escreva textos longos: serão cansativos. Dê brilho à sua notícia. Seja um redator!

4 - Dê preferência às notícias em tempo real, que ocorrem próximos à você, como tremores, fenômenos atmosféricos, astronômicos, óticos e até de condições do trânsito comprometidas por fenômenos naturais.


MUITO IMPORTANTE

1 - Antes de serem publicados, todos os textos serão verificados.

2 - A cópia de material da internet é ilegal.
As notícias ou matérias devem ser escritas pelo próprio internauta.
Fotos enviadas devem ser livres de direitos autorais.

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"A maoiria dos homens é mais capaz de grandes ações do que de boas ações" - Montesquieu