Espaço, Ciência e Tecnologia. Educação Científica.
Tudo o que acontece na Terra e no espaço
você encontra aqui.
     

Bauru e Rio - sensação térmica de 44ºC

Notícia enviada em 19/10/2014
por Rodolfo Bonafim - São Paulo/SP
Bauru e Rio de Janeiro: duas cidades com características geográficas distintas. A primeira, cidade do interior paulista, distante cerca de 330Km da capital do seu estado, localiza-se a 22º18′,54” de latitude sul e 49º03′,39” de longitude oeste, dentro da região centro-oeste paulista. Quanto à altitude, eleva-se no máximo à 620 metros, aproximadamente. Sua área total é de 673488 quilômetros quadrados, sendo que, destes, 689769 estão em perímetro urbano e os 604,51 restantes constituem a zona rural. A população é de 362 062 habitantes

Já, a segunda cidade, conhecida internacionalmente por seu turismo, sendo que já foi a capital do país, o Rio de Janeiro, localiza-se no litoral da Região Sudeste, na latitude de 22° 54', 10',', sul e longitude de 43° 12', 27',', oeste.

Sua altitude na planície urbana é em média de 2 metros apenas, apesar de que existam bairros elevados como o Alto da Boa Vista com aproximadamente 300 metros de altitude e Comunidade da Rocinha com 400 metros de altitude aproximadamente. A área total do município é de 1 200,278 km², mas a área urbana é de 557,3 Km2. População: pouco mais de 6 milhões de habitantes.

Isto posto, diferenças geográficas físicas e humanas a parte, é que não é a primeira vez (e já foi tema de reporte por mim em outra ocasião), as duas cidades, no caso, no aeroporto local de Bauru e no Aeródromo do Campo dos Afonsos (Aeroporto Délio Jardim de Matos), registraram às 14 horas de hoje, domingo, dia 19 de outubro de 2014, a temperatura de 38ºC, com umidades relativas de 40% aproximadamente, o que conferiu as duas cidades nestes pontos distintos, a sensação térmica de cerca de 44ºC...

Saliento, que o aeroporto de Bauru, mesmo considerando estar situado em região de baixa umidade relativa do ar especialmente nesta época, não registra ar tão seco como é de praxe em diversas outras regiões interioranas paulistas (com valores mínimos entre 12% e 25%, aproximadamente, o que constitui estado de emergência e estado de alerta, respectivamente, segundo a Organização Mundial da Saúde, entidade ligada às Nações Unidas). Já na cidade do Rio, umidade relativa mais alta é comum, por se tratar de uma cidade litorânea. Observo também que quanto maior o nível de umidade e temperatura real do ar, maior a sensação térmica. Portanto, não basta temperatura muito alta - a umidade não pode ser muito baixa para propiciar maior sensação de calor.

Rodolfo Bonafim

Diretor Científico da ONG Amigos da Água

Rodolfo Bonafim enviou 942 notícias








  ENVIE SUA NOTÍCIA   Edite sua assinatura
  
Cadastre sua assinatura


Título da Notícia


Escreva sua Notícia


Envie uma Foto (opcional)
     Ajuda




Seu Nome

Seu E-mail

Estado



Digite o código ao lado
SEM o primeiro caractere


  


Dicas para um bom texto

1 - Não escreva tudo em maiúsculas ou minúsculas. Use os acentos corretamente.
Use sempre um corretor ortográfico!

2 - Não escreva seu texto com apenas 1 parágrafo: com certeza faltarão informações.

3 - Não escreva textos longos: serão cansativos. Dê brilho à sua notícia. Seja um redator!

4 - Dê preferência às notícias em tempo real, que ocorrem próximos à você, como tremores, fenômenos atmosféricos, astronômicos, óticos e até de condições do trânsito comprometidas por fenômenos naturais.


MUITO IMPORTANTE

1 - Antes de serem publicados, todos os textos serão verificados.

2 - A cópia de material da internet é ilegal.
As notícias ou matérias devem ser escritas pelo próprio internauta.
Fotos enviadas devem ser livres de direitos autorais.

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"A maioria dos homens é mais capaz de grandes ações do que de boas ações" - Montesquieu