Espaço, Ciência e Tecnologia. Educação Científica.
Tudo o que acontece na Terra e no espaço
você encontra aqui.
     

Brisa marinha repele trovoadas em Santos e região

Notícia enviada em 02/11/2014
por Rodolfo Bonafim - São Paulo/SP
Em outros reportes comentei que o mar através da brisa marinha é um tipo de ",repelente", natural de trovoadas.

E esta mesma brisa marinha que no final do inverno e começo de primavera está mais ostensiva na costa paulista, foi uma das responsáveis por espalhar e dissipar nuvens cumuliformes de trovoadas (no caso, as temíveis cúmulos-nimbos, nuvens verticais cujas bases estão entre 700 e 1.500 m, mas com topos chegando a 24 e 35 mil metros de altura, sendo a média entre 9 mil e 12 mil metros!) desde ontem (sábado, 01 de novembro de 2014) até o presente momento deste reporte (23:38 de 02 de novembro de 2014).

Pancadas de chuvas de moderadas a fortes acontecem neste domingo e várias regiões do interior paulista, haja vista que por lá não existe o efeito ",repelente", do mar... Outro responsável pela repulsão das trovoadas na Baixada Santista conjuntamente com a brisa marinha, foi um área de alta pressão em alturas médias da atmosfera que não permitiram que o calor do dia se transportasse da superfície para maiores alturas por meio do ar em ascenção, se resfriasse esse ar e provocasse pancadas de chuvas sobre a nossa região....

Mas, é possível para os próximos dias que este ar quente consiga romper esta ",estabilidade", propiciada pela brisa e pela área de alta pressão e assim tenhamos pancadas de chuvas acompanhadas de trovoadas na Baixada Santista!

Rodolfo Bonafim

Diretor Científico da ONG Amigos da Água

Rodolfo Bonafim enviou 942 notícias















  ENVIE SUA NOTÍCIA   Edite sua assinatura
  
Cadastre sua assinatura


Título da Notícia


Escreva sua Notícia


Envie uma Foto (opcional)
     Ajuda




Seu Nome

Seu E-mail

Estado



Digite o código ao lado
SEM o primeiro caractere


  


Dicas para um bom texto

1 - Não escreva tudo em maiúsculas ou minúsculas. Use os acentos corretamente.
Use sempre um corretor ortográfico!

2 - Não escreva seu texto com apenas 1 parágrafo: com certeza faltarão informações.

3 - Não escreva textos longos: serão cansativos. Dê brilho à sua notícia. Seja um redator!

4 - Dê preferência às notícias em tempo real, que ocorrem próximos à você, como tremores, fenômenos atmosféricos, astronômicos, óticos e até de condições do trânsito comprometidas por fenômenos naturais.


MUITO IMPORTANTE

1 - Antes de serem publicados, todos os textos serão verificados.

2 - A cópia de material da internet é ilegal.
As notícias ou matérias devem ser escritas pelo próprio internauta.
Fotos enviadas devem ser livres de direitos autorais.

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"A recordação da alegria não é mais alegria / enquanto a recordação da dor é dor ainda" - Byron