Espaço, Ciência e Tecnologia. Educação Científica.
Tudo o que acontece na Terra e no espaço
você encontra aqui.
     

Como explicar a granizada paulistana

Notícia enviada em 19/05/2014
por Rodolfo Bonafim - São Paulo/SP
Explicações não vão faltar para o episódio da granizada paulistana de 18 de maio de 2014, que já faz parte da climatologia histórica da cidade, não pela frequência, pois é até comum temporais de granizo na transição outono-inverno quando a atmosfera está turbulenta, mas sim pela intensidade! Explicações geralmente são e o serão básicas, do tipo área de baixa pressão fria (baixa com ar mais refrigerado), por conta da influência de ventos fortes em altitude (entre 500 milibares e 250 milibares de pressão - quanto mais alto, menor a pressão), que caracterizam o Jato subtropical, comum nesta época do ano, lembrando que ontem, domingo, 18 de maio, a sondagem por balão meteorológico realizada no Aeródromo Campo de Marte, indicou a temperatura ao redor de 0ºC em torno de 3000 mil metros de altitude. Agora, a causa que ",causou", ou motivou tudo isso, será fatalmente mais uma vez omitida. Mas, lembro que o clima da cidade de São Paulo até o final dos anos 1980 era um e depois dos anos 1990 é outro. A cidade tinha um clima semelhante ao de Curitiba (porém, menos frio, é claro, devido ao efeito da latitude) - verões não muito quentes, com máximas que mal ultrapassavam a casa dos 31ºC e invernos bem mais úmidos que os atuais, inclusive com chuvas fracas e chuviscos em Julho, semelhantes às que ocorrem na Baixada Santista....

Hoje, temos uma cidade degradada pela poluição atmosférica que altera a composição química das nuvens, trazendo mais episódios de tempo severo e com mais intensidade também... A impermeabilização do solo, trouxe a tira-colo as ilhas de calor, que provocam variações de até 10ºC entre as áreas mais densamente urbanizadas e as de área verde, que sobram, caso da Serra da Cantareira ao norte e Parelheiros ao sul. Por outro lado, bairros como a Freguesia do Ó, Butantã e Sé, mantém temperaturas máximas que se rivalizam as da Baixada Santista, com valores que podem rondar os 36ºC/37ºC, com facilidade no verão. E até no inverno, observo com mais intensidade desde 2001, máximas em final de julho e meados de agosto com valores entre 30ºC e 33ºC (em pleno inverno) e associadas a índices de umidade relativa que ",competem", com os índices de cidades interioranas como Ribeirão Preto, no norte paulista, Presidente Prudente no oeste, Ilha Solteira e Santa Fé do Sul no noroeste... Não posso deixar de citar valores de umidade semelhantes às cidades da Região Centro-oeste do país também... Estiagens prolongadas que não ",respeitam", os limites do inverno e avançam pela primavera, fazem parte do quadro desolador da mudanças climáticas urbanas, típicas das grandes metrópoles... A natureza mesmo atingida tenta se recompor ou se reequilibrar, porém, quem mais sofre com isso é o próprio ser humano...

Rodolfo Bonafim

Diretor Científico da ONG Amigos da Água, entidade que desde 14 anos atrás já alertava sobre os muito prováveis riscos de racionamento e desabastecimento de água no Brasil e ninguém cria nisso, por conta mesmo de alterações e variabilidade climática, ingerência das autoridades, poluição e contaminação da água e aumento da população!

- Especialista em Climatologia, Astronomia e Geologia Ambiental (observando e monitorando o clima de Santos diretamente e indiretamente o clima da cidade de São Paulo e arredores!

Rodolfo Bonafim enviou 942 notícias








  ENVIE SUA NOTÍCIA   Edite sua assinatura
  
Cadastre sua assinatura


Título da Notícia


Escreva sua Notícia


Envie uma Foto (opcional)
     Ajuda




Seu Nome

Seu E-mail

Estado



Digite o código ao lado
SEM o primeiro caractere


  


Dicas para um bom texto

1 - Não escreva tudo em maiúsculas ou minúsculas. Use os acentos corretamente.
Use sempre um corretor ortográfico!

2 - Não escreva seu texto com apenas 1 parágrafo: com certeza faltarão informações.

3 - Não escreva textos longos: serão cansativos. Dê brilho à sua notícia. Seja um redator!

4 - Dê preferência às notícias em tempo real, que ocorrem próximos à você, como tremores, fenômenos atmosféricos, astronômicos, óticos e até de condições do trânsito comprometidas por fenômenos naturais.


MUITO IMPORTANTE

1 - Antes de serem publicados, todos os textos serão verificados.

2 - A cópia de material da internet é ilegal.
As notícias ou matérias devem ser escritas pelo próprio internauta.
Fotos enviadas devem ser livres de direitos autorais.

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Diplomacia é lembrar o aniversário de uma mulher e esquecer a sua idade" - Kennet Keating