Espaço, Ciência e Tecnologia. Educação Científica.
Tudo o que acontece na Terra e no espaço
você encontra aqui.
     

Compressão adiabática - um dos motores do calorão em Santos

Notícia enviada em 03/01/2014
por Rodolfo Bonafim - São Paulo/SP
Fazendo uma resenha da situação do tempo em Santos nos últimos quatro dias:

30 de dezembro de 2013: 38,6ºC e 24% de umidade relativa,

31 de dezembro de 2013: 39ºC e 24% de umidade relativa,

01 de janeiro de 2014: 37,5ºC e 34% de umidade relativa,

02 de janeiro de 2014: 36,7ºC e 36% de umidade relativa.

Bem, analisando estes dados, a sensação térmica ficou nestes quatro dias, entre 39ºC e 42ºC, aproximadamente, que apesar de elevados valores, estão pouco acima das temperaturas reais do ar mostradas acima. Como a sensação térmica, que no verão é também conhecida especificamente como índice de calor, é função da temperatura real do ar e da umidade relativa (quanto mais alta a temperatura e a umidade, maior o índice de calor), imaginemos se a umidade relativa nesses dias tivesse ficado entre uns 40% e 50%: sem dúvidas, a sensação térmica poderia atingir a casa dos 50ºC (mas, a umidade ficou entre 24% e 36%, apenas).

Compressão adiabática:

Elenquei em reporte anterior as causas desse calorão, e entre uma destas, a descida de correntes de ventos do quadrante noroeste (ou fluxo de noroeste) pelo desnível abrupto da Serra do Mar, sofre o fenômeno da compressão adiabática, causando maior aquecimento e secura do ar no litoral do que em áreas do planalto e interior.

Quando um gás troca calor com o meio externo, leva algum tempo para que o calor se espalhe pela massa gasosa e para que esta entre em equilíbrio. Então, em uma compressão rápida, praticamente não há troca de calor com o meio externo. Nesse caso, a temperatura aumenta nesse processo... O aquecimento por compressão ocorre quando o ar desce na atmosfera - ao contrário, se o ar sobe, há uma expansão adiabática, quando o volume de ar aumenta e a temperatura diminui, sendo nesse caso, o principal processo formador de nuvens. Por outro lado, a compressão adiabática inibe a formação de nuvens pesadas de chuva, o que explica em parte a falta de chuvas na região de Santos, mesmo com tanto calor. Levando a coisa para o dia-a-dia, ao enchermos de ar uma câmara de bicicleta, quando se bombeia o ar, comprimindo-o na câmara, a energia fornecida aumenta o movimento das moléculas do ar e a temperatura do ar sobe (pode-se notar o aquecimento da bomba). Por outro lado, quando se permite que o ar escape da câmara ele se expande, realiza trabalho sobre o ar ambiente empurrando-o e se resfria, como se pode sentir ao simples toque.

Por fim, adiabático é um termo oriundo do grego e significa impenetrável, ou seja aquilo que não realiza trocas de calor com o ambiente externo ou que está isolado desse ambiente!

Rodolfo Bonafim enviou 942 notícias















  ENVIE SUA NOTÍCIA   Edite sua assinatura
  
Cadastre sua assinatura


Título da Notícia


Escreva sua Notícia


Envie uma Foto (opcional)
     Ajuda




Seu Nome

Seu E-mail

Estado



Digite o código ao lado
SEM o primeiro caractere


  


Dicas para um bom texto

1 - Não escreva tudo em maiúsculas ou minúsculas. Use os acentos corretamente.
Use sempre um corretor ortográfico!

2 - Não escreva seu texto com apenas 1 parágrafo: com certeza faltarão informações.

3 - Não escreva textos longos: serão cansativos. Dê brilho à sua notícia. Seja um redator!

4 - Dê preferência às notícias em tempo real, que ocorrem próximos à você, como tremores, fenômenos atmosféricos, astronômicos, óticos e até de condições do trânsito comprometidas por fenômenos naturais.


MUITO IMPORTANTE

1 - Antes de serem publicados, todos os textos serão verificados.

2 - A cópia de material da internet é ilegal.
As notícias ou matérias devem ser escritas pelo próprio internauta.
Fotos enviadas devem ser livres de direitos autorais.

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"O homem tem de estabelecer um final para a guerra, senão a guerra irá estabelecer um final para a humanidade" - John Kennedy