Espaço, Ciência e Tecnologia. Educação Científica.
Tudo o que acontece na Terra e no espaço
você encontra aqui.
     

Constatando: grande diferença entre sensor de temperatura e termômetro de rua!!

Notícia enviada em 23/12/2011
por Rodolfo Bonafim - São Paulo/SP
De acordo com meu reporte anterior “TEMPERATURA SUPERFICIAL DO MAR AUMENTA LIGEIRAMENTE NA BAIXADA SANTISTA”, houve, de fato, ligeiro aumento da temperatura superficial das águas marinhas na altura do litoral paulista, enquanto essas mesmas águas estiveram sob estado de neutralidade (temperatura sem anomalia positiva ou negativa, dentro da normal climatológica) em outubro deste ano. Mas, é bom frisar que mesmo com a entrada do verão, ontem, 22 de dezembro às 03:30, hora de Brasília, a temperatura superficial permanece discretamente abaixo da normal para a época do ano, por conta do fenômeno La Niña! Aliás, geralmente, as datas de início e término das estações do ano, não coincidem, quando o assunto é ESTAÇÃO ASTRONÔMICA E ESTAÇÃO CLIMATOLÓGICA. A primeira refere-se à entrada oficial da estação e a outra, às condições reais do tempo. E isso está relacionado à temperatura superficial do mar, principalmente no litoral... Processo semelhante, experimentamos quando sentimos a areia da praia muito quente logo pela manhã, enquanto a água do mar ainda está fria. No final da tarde, experimentamos o efeito oposto.

Porém, o tema central deste reporte, é a constatação da discrepante diferença entre a temperatura real do ar (à sombra) e a temperatura registrada por termômetros de rua. Estes dão apenas razoável indicação das condições climáticas do ambiente em que estão instalados, porque se recebem insolação direta, a temperatura poderá ser entre 3ºC a 4ºC maior do que à sombra... Caso contrário, se estão sob chuva ou incidência direta de ventos fortes, poderão acusar temperaturas entre 3ºC e 4ºC mais baixas do que aqueles termômetros bem aferidos e instalados sob as rígidas condições prescritas pela O.M.M. (Organização Meteorológica Mundial).

No caso, ontem, dia 22, coloquei meu sensor de temperatura, umidade relativa e pressão do ar sob uma sombra, próximo de um termômetro de rua instalado na orla marítima de Santos, bem próximo da Avenida Bernardino de Campos (canal 2). O resultado foi a constatação, pois apesar de que as temperaturas estão semelhantes (32ºC no termômetro de rua, sob o Sol e 33,6ºC no meu sensor), esse último deveria registrar pelo menos 36ºC. com base no sensor bem posicionado e aferido, o que não ocorreu, o que sugere que além do mal posicionamento do referido termômetro de rua, o mesmo deve estar com defeito. Imagino, finalmente, quantos poderiam estar em situação parecida!!!!

Rodolfo Bonafim

Rodolfo Bonafim enviou 942 notícias








  ENVIE SUA NOTÍCIA   Edite sua assinatura
  
Cadastre sua assinatura


Título da Notícia


Escreva sua Notícia


Envie uma Foto (opcional)
     Ajuda




Seu Nome

Seu E-mail

Estado



Digite o código ao lado
SEM o primeiro caractere


  


Dicas para um bom texto

1 - Não escreva tudo em maiúsculas ou minúsculas. Use os acentos corretamente.
Use sempre um corretor ortográfico!

2 - Não escreva seu texto com apenas 1 parágrafo: com certeza faltarão informações.

3 - Não escreva textos longos: serão cansativos. Dê brilho à sua notícia. Seja um redator!

4 - Dê preferência às notícias em tempo real, que ocorrem próximos à você, como tremores, fenômenos atmosféricos, astronômicos, óticos e até de condições do trânsito comprometidas por fenômenos naturais.


MUITO IMPORTANTE

1 - Antes de serem publicados, todos os textos serão verificados.

2 - A cópia de material da internet é ilegal.
As notícias ou matérias devem ser escritas pelo próprio internauta.
Fotos enviadas devem ser livres de direitos autorais.

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Um general estúpido é capaz de ganhar batalhas quando o general inimigo é mais estúpido ainda" - B. Shaw