Espaço, Ciência e Tecnologia. Educação Científica.
Tudo o que acontece na Terra e no espaço
você encontra aqui.
     

Curtas 7: aurora boreal avistada no Colorado, Estados Unidos!

Notícia enviada em 02/06/2013
por Rodolfo Bonafim - São Paulo/SP
Um distúrbio (tempestade) geomagnético causou o surgimento inesperado de auroras boreais até em latitudes mais baixas, onde este fenômeno é comparativamente às regiões de elevada latitude, raro. Foi o caso de se registrar auroras no estado do Colorado, nos Estados Unidos. Por exemplo, este estado norte-americano está limitado entre as latitudes de 37° Norte a 41°Norte, contrastando com as regiões ode auroras são mais prováveis e destacas, caso de latitudes, por volta dos 70º norte! Logicamente, há também a contraparte das auroras boreais, as auroras austrais, visíveis nas elevadas latitudes do hemisfério sul, porém ,menos registradas, pois há muito menos terras habitáveis no sul do hemisfério sul do que no norte do hemisfério norte!

Por outro lado, tais eventos de aparição de auroras boreais em locais de latitudes relativamente baixas, têm causas em intensas tempestades magnéticas. Saliento, também que mesmo nas altas latitudes, viajar para tais locais, para vislumbrar e desfrutar do belíssimo visual das auroras, não é tarefa fácil. No caso do estado do Colorado, então, mais difícil ainda - seria como viajar para a região sul do Brasil à espera de neve no inverno, a grooso modo, falando!

Bem, a causa desta forte tempestade magnética, tema deste reporte ainda é desconhecida. Ontem, dia 01 de junho de 2013, o campo magnético da Terra, todavia, já estava relativamente calmo, depois de cerca de 15 horas de tempestade magnética sem parada... O que se sabe, é que este distúrbio contínuo foi devido à chegadaq de uma onda de choque interplanetária em 31 de maio deste. Porém, volto a dizer, a fonte desta onda de choque é desconhecida...

Especula-se sobre a região de interação de co-rotação, ou seja, uma zona de transição de ondas, entre correntes de vento solar de alta e baixa velocidades. Além disso, mais tempestades, podem estar vindo a partir de hoje, à medida que o vento solar continua a soprar com velocidade superior a 600 km/s!!!!

A imagem anexa, mostra as relações magnéticas entre a Terra e o Sol. Destaque-se a presença do Cinturão de Van Allen, que protege a Terra da violência das erupções solares...

Por fim, quando o Sol está na fase de máxima atividade, tempestades magnéticas podem disparar em alguns casos, auroras boreais até em locais mais ao sul do que o Colorado, como o estado do Texas e o México!

Rodolfo Bonafim enviou 942 notícias








  ENVIE SUA NOTÍCIA   Edite sua assinatura
  
Cadastre sua assinatura


Título da Notícia


Escreva sua Notícia


Envie uma Foto (opcional)
     Ajuda




Seu Nome

Seu E-mail

Estado



Digite o código ao lado
SEM o primeiro caractere


  


Dicas para um bom texto

1 - Não escreva tudo em maiúsculas ou minúsculas. Use os acentos corretamente.
Use sempre um corretor ortográfico!

2 - Não escreva seu texto com apenas 1 parágrafo: com certeza faltarão informações.

3 - Não escreva textos longos: serão cansativos. Dê brilho à sua notícia. Seja um redator!

4 - Dê preferência às notícias em tempo real, que ocorrem próximos à você, como tremores, fenômenos atmosféricos, astronômicos, óticos e até de condições do trânsito comprometidas por fenômenos naturais.


MUITO IMPORTANTE

1 - Antes de serem publicados, todos os textos serão verificados.

2 - A cópia de material da internet é ilegal.
As notícias ou matérias devem ser escritas pelo próprio internauta.
Fotos enviadas devem ser livres de direitos autorais.

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Servidores públicos são como livros numa estante: Quanto mais altos nas prateleiras, menos servem" - Paul Masson