Espaço, Ciência e Tecnologia. Educação Científica.
Tudo o que acontece na Terra e no espaço
você encontra aqui.
     

Depressão sazonal no inverno brasileiro

Notícia enviada em 22/07/2016
por Rodolfo Bonafim - São Paulo/SP
Nos meses de inverno, especialmente nos países das médias e altas latitudes tanto do hemisfério norte (Europa, Estados Unidos e outros), quanto do hemisfério sul (Argentina, Uruguai, Chile) e mais particularmente nos países cujos invernos são úmidos (muitos dias nublados e/ou chuvosos), depressão sazonal pode acometer pessoas, especialmente aquelas que já apresentam um quadro depressivo. Trata-se de uma situação desconfortável do ponto da Climatologia comportamental, onde algumas pessoas acabam quase se confinando as suas casas, devido à grande duração das noites e a boa redução da duração dos dias, isso aliado ao tempo nublado ou encoberto, à chuva fina quase constante por dias, à velocidade dos ventos dando a sensação de temperatura mais baixa e mesmo o fator elevado do índice de umidade relativa, que embora não seja incluído nas fórmulas de cálculo do conforto térmico do inverno, ela cria juntamente com os outros fatores, um tipo de clima opressivo, assim como ocorre nos climas quentes de regiões úmidas, como a Amazônia e o litoral da região sudeste, no verão...

Nos países de clima temperado, onde é drástica a redução da luz solar no inverno, é comum este distúrbio. Mesmo raramente, até no Brasil pode ocorrer. Sequência de sucessivos dias com nenhuma ou escassa insolação, nevoeiros densos e longos, como os que estão ocorrendo na Baixada Santista, pode potencializar os efeitos de quem já sofre de depressão comum!

Rodolfo Bonafim enviou 937 notícias








  ENVIE SUA NOTÍCIA   Edite sua assinatura
  
Cadastre sua assinatura


Título da Notícia


Escreva sua Notícia


Envie uma Foto (opcional)
     Ajuda




Seu Nome

Seu E-mail

Estado



Digite o código ao lado
SEM o primeiro caractere


  


Dicas para um bom texto

1 - Não escreva tudo em maiúsculas ou minúsculas. Use os acentos corretamente.
Use sempre um corretor ortográfico!

2 - Não escreva seu texto com apenas 1 parágrafo: com certeza faltarão informações.

3 - Não escreva textos longos: serão cansativos. Dê brilho à sua notícia. Seja um redator!

4 - Dê preferência às notícias em tempo real, que ocorrem próximos à você, como tremores, fenômenos atmosféricos, astronômicos, óticos e até de condições do trânsito comprometidas por fenômenos naturais.


MUITO IMPORTANTE

1 - Antes de serem publicados, todos os textos serão verificados.

2 - A cópia de material da internet é ilegal.
As notícias ou matérias devem ser escritas pelo próprio internauta.
Fotos enviadas devem ser livres de direitos autorais.

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2018
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Dignidade não consiste em possuir honrarias, mas em merecê-las" - Aristóteles