Espaço, Ciência e Tecnologia. Educação Científica.
Tudo o que acontece na Terra e no espaço
você encontra aqui.
     

Diferença de temperaturas entre bairros próximos de Santos!

Notícia enviada em 10/11/2011
por Rodolfo Bonafim - São Paulo/SP
Na semana passada (03 de novembro), tivemos grande diferenciação de temperatura entre os bairros da orla e interiores de Santos: na orla marítima entre os bairros do José Menino na divisa com o município de São Vicente e Ponta da Praia no outro extremo da orla e os bairros interiores, tais como, Campo Grande, Vila Mathias, Vila Belmiro, etc. Só para se ter uma idéia, à tarde, às 16:00, o vento soprava do quadrante sudeste, por vezes com rajadas de até 40Km/h. Nesse momento, ao instalar um sensor móvel de temperatura em local adequado do Bairro José Menino, obtive 20,5ºC, nada tão frio assim, mas a sensação térmica devido aos ventos atingia a casa dos 13ºC, apenas, temperatura típica mínima de madrugada de inverno! Enquanto isso, na Vila Belmiro, no meu posto de monitoramento, a temperatura real era pouco maior que a do José Menino, naquele mesmo instante: 21,2ºC e o vento devido à enorme barreira de edifícios, que restringem a ação da brisa marinha e dos ventos oriundos do mar, pelo menos, era bem mais fraco, portanto a sensação térmica era exatamente igual à temperatura real do ar, isto é, 21,2ºC.

Por aí, sentimos a enorme diferença entre bairros próximos, porém, apartados por barreiras de origem antrópica (humana): José Menino – sensação de 13ºC e Vila Belmiro – sensação de 21ºC, arredondando o valor, diferença gritante, pois, de 8ºC!!!

Daí, mesmo já estando em pleno mês de novembro, nestas épocas de frio fora de época, a necessidade de se prevenir com agasalhos, especialmente na orla marítima, onde a ação dos ventos, repito, oriundos do mar é mais intensa. Especialmente, as crianças, pessoas que compõem o grupo da 3ª idade e aquelas que já possuem tendências ou já sofrem de males crônicos, tais como, rinite, bronquite, asma, etc. A velha recomendação de pais e avós mais antigos, como por exemplo, de se agasalhar, evitar a “friagem”, não é mito ou tabu, pois é comprovado cientificamente, que a cápsula que envolve os vírus se rompem com mais facilidade no contato com o ar frio do que no contato com o ar aquecido, portanto, a velha recomendação dos mais antigos é de fato, muito boa. Saliento que a proliferação de bactérias é maior também no ar frio e mais empoeirado do inverno – ressalto a poluição por parte de aerossóis intensificada pela poluição e ar seco cada vez maior nos centros urbanos....

Rodolfo Bonafim

Diretor Científico da ONG Amigos da Água

Rodolfo Bonafim enviou 942 notícias








  ENVIE SUA NOTÍCIA   Edite sua assinatura
  
Cadastre sua assinatura


Título da Notícia


Escreva sua Notícia


Envie uma Foto (opcional)
     Ajuda




Seu Nome

Seu E-mail

Estado



Digite o código ao lado
SEM o primeiro caractere


  


Dicas para um bom texto

1 - Não escreva tudo em maiúsculas ou minúsculas. Use os acentos corretamente.
Use sempre um corretor ortográfico!

2 - Não escreva seu texto com apenas 1 parágrafo: com certeza faltarão informações.

3 - Não escreva textos longos: serão cansativos. Dê brilho à sua notícia. Seja um redator!

4 - Dê preferência às notícias em tempo real, que ocorrem próximos à você, como tremores, fenômenos atmosféricos, astronômicos, óticos e até de condições do trânsito comprometidas por fenômenos naturais.


MUITO IMPORTANTE

1 - Antes de serem publicados, todos os textos serão verificados.

2 - A cópia de material da internet é ilegal.
As notícias ou matérias devem ser escritas pelo próprio internauta.
Fotos enviadas devem ser livres de direitos autorais.

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"A origem da ação é a falta de fantasia; é a última saída para aqueles que não sabem sonhar." - Oscar Wilde