Espaço, Ciência e Tecnologia. Educação Científica.
Tudo o que acontece na Terra e no espaço
você encontra aqui.
     

Final de inverno com cara de outono no litoral paulista!!!

Notícia enviada em 21/08/2012
por Rodolfo Bonafim - São Paulo/SP
O sistema conhecido por Alta Pressão Subtropical do Atlântico - massa de ar semi-permanente postada entre o Brasil e a África, está situada há vários dias fora de sua posição climatológica, ou seja em latitudes tipicamente entre subtropicais e temperadas (cerca de 42º de latitude sul). Isso tem como efeito, a subsidência ou abaixameno, aquecimento e ressecamento do ar desde elevadas altitudes até a superfície, causando dias com ",cara", de início/meio de outono na Baixada Santista, capital e Vale do Paraíba. Tenho registrado em minha estação da Vila Belmiro de Santos, temperaturas máximas em torno dos 28ºC (sábado, dia 18, máxima de 29,1ºC) e umidade relativa na casa dos 35% aos 45% (sábado, dia 18, 36%). Mas, não é necessário alarme, pois o ar apesar de seco em média, não está indo abaixo dos 30%, o que aí sim, já seria motivo de estado de atenção. E também, devo ressaltar que no meio da semana, o dia esteve com formação de névoa úmida logo ao amanhecer, diminuindo esta situação ao longo do dia, porém com muita nebulosidade e apenas em alguns momentos, um leve mormaço, quando a máxima foi de apenas 22,8ºC e a umidade foi alta: 79%!!! Portanto, mesmo com dias secos, no litoral paulista é assim mesmo, sobretudo nesta época do ano, quando a brisa de sudeste está mais intensa, e chocando-se com a massa de ar seca e aquecida do continente, causa o famoso ENTRECHOQUE, encontro da massa de ar úmida do mar e a seca mais ostensiva nesta época, do continente, embora especificamente neste ano, o ENTRECHOQUE foi pouco intenso na Baixada, devido a que a temperatura superficial do mar na costa paulista esteve ligeiramente acima da normal climatológica para o outono e o para o inverno, embora agora estejamos em situação de neutralidade, ou seja, a temperatura já está dentro da normal...

A possível causa principal para a massa de ar Alta Pressão Subtropical do Atlântico estar tão intensa e fora da sua posição climatológica (embora todo ano nesta época é até normal o aquecimento e o ressecamento do ar no interior, porém está afetando mais o litoral), pode estar na configuração do evento La Niña (aquecimento acima da média do Pacífico), para este final de inverno 2012!!!

Rodolfo Bonafim enviou 942 notícias








  ENVIE SUA NOTÍCIA   Edite sua assinatura
  
Cadastre sua assinatura


Título da Notícia


Escreva sua Notícia


Envie uma Foto (opcional)
     Ajuda




Seu Nome

Seu E-mail

Estado



Digite o código ao lado
SEM o primeiro caractere


  


Dicas para um bom texto

1 - Não escreva tudo em maiúsculas ou minúsculas. Use os acentos corretamente.
Use sempre um corretor ortográfico!

2 - Não escreva seu texto com apenas 1 parágrafo: com certeza faltarão informações.

3 - Não escreva textos longos: serão cansativos. Dê brilho à sua notícia. Seja um redator!

4 - Dê preferência às notícias em tempo real, que ocorrem próximos à você, como tremores, fenômenos atmosféricos, astronômicos, óticos e até de condições do trânsito comprometidas por fenômenos naturais.


MUITO IMPORTANTE

1 - Antes de serem publicados, todos os textos serão verificados.

2 - A cópia de material da internet é ilegal.
As notícias ou matérias devem ser escritas pelo próprio internauta.
Fotos enviadas devem ser livres de direitos autorais.

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Por que, ó insensatos, fazer besteiras fora da lei ? Há tanto jeito de fazê-las dentro !" - Carlos Dossi