Espaço, Ciência e Tecnologia. Educação Científica.
Tudo o que acontece na Terra e no espaço
você encontra aqui.
     

Hoje é o Dia Mundial do Planeta Terra

Notícia enviada em 22/04/2014
por Rodolfo Bonafim - São Paulo/SP
Comemorado sempre no dia 22 de abril, o Dia Mundial da Terra, surgiu nos Estados Unidos na década de 1970, quando o senador Gaylord Nelson organizou o primeiro protesto nacional contra a poluição. Mas foi só a partir da década de 1990 que a data tornou-se mundial, ou seja, outros países também passaram a celebrá-la!

Tem por finalidade criar uma consciência comum aos problemas da contaminação, conservação da biodiversidade e outras preocupações, portanto, o Dia Mundial da Terra, tem um cunho ambiental...

Por ocasião da descoberta de Kepler-186f, um planeta praticamente do mesmo tamanho da Terra, orbitando um longínquo ",Sol", distante cerca de 500 anos-luz de nós, sabemos que desta vez, há grandes chances desse exoplaneta (planeta fora do nosso Sistema Solar) ter água em estado líquido e, consequentemente, algum tipo de vida, ao menos da forma como conhecemos o fenômeno vida... Então, de repente, toda forma de investigação científica na busca de vida em outros mundos, de fato justifica todo o investimento e ainda assim valoriza a água e a vida advinda dela em nosso planeta Terra, incentivando cada vez mais os esforços para sua preservação, pois um exoplaneta tão distante de nós com a tecnologia atual, como poderia ser atingido e colonizado?

Pálido ponto azul!

Da mesma forma que nos espantamos com a colossal distância desse exoplaneta, imaginemos se neste mesmo astro, houvesse vida inteligente: como eles nos veriam, seja como possível fonte de vida ou literalmente como um astro na noite estrelada?

Bem, uma das imagens que retornou da sonda espacial Voyager 1 era a da Terra, a 6,4 bilhões de quilômetros de distância, mostrando-a como um ",pálido ponto azul", numa imagem toda granulada (de baixa resolução).

Do ponto de vista de uma hipotética civilização em Kepler-186f, nem como ponto azul ou de qualquer cor ou sem nenhuma cor, a Terra seria avistada por ela.

Só seria avistado o Sol e ainda assim, dada a distância e o brilho do nosso Sol, só mesmo por telescópios... A Terra, então, só seria detectada por métodos indiretos...

Essa foto acabou inspirando Carl Sagan, astrobiólogo e divulgador científico a escrever o livro ",Pálido Ponto Azul", em 1994.

Numa conferência em 11 de Maio de 1996, Sagan, comentou sobre seus pensamentos sobre a histórica fotografia:

",Olhem de novo esse ponto. É aqui, é a nossa casa, somos nós. Nele, todos a quem ama, todos a quem conhece, qualquer um sobre quem você ouviu falar, cada ser humano que já existiu, viveram as suas vidas. O conjunto da nossa alegria e nosso sofrimento, milhares de religiões, ideologias e doutrinas econômicas confiantes, cada caçador e coletor, cada herói e covarde, cada criador e destruidor da civilização, cada rei e camponês, cada jovem casal de namorados, cada mãe e pai, criança cheia de esperança, inventor e explorador, cada professor de ética, cada político corrupto, cada ",superestrela",, cada ",líder supremo",, cada santo e pecador na história da nossa espécie viveu ali - em um grão de pó suspenso num raio de sol.

A Terra é um cenário muito pequeno numa vasta arena cósmica. Pense nos rios de sangue derramados por todos aqueles generais e imperadores, para que, na sua glória e triunfo, pudessem ser senhores momentâneos de uma fração de um ponto. Pense nas crueldades sem fim infligidas pelos moradores de um canto deste pixel aos praticamente indistinguíveis moradores de algum outro canto, quão frequentes seus desentendimentos, quão ávidos de matar uns aos outros, quão veementes os seus ódios.

As nossas posturas, a nossa suposta auto-importância, a ilusão de termos qualquer posição de privilégio no Universo, são desafiadas por este pontinho de luz pálida. O nosso planeta é um grão solitário na imensa escuridão cósmica que nos cerca. Na nossa obscuridade, em toda esta vastidão, não há indícios de que vá chegar ajuda de outro lugar para nos salvar de nós próprios.

A Terra é o único mundo conhecido, até hoje, que abriga vida. Não há outro lugar, pelo menos no futuro próximo, para onde a nossa espécie possa emigrar. Visitar, sim. Assentar-se, ainda não. Gostemos ou não, a Terra é onde temos de ficar por enquanto.

Já foi dito que astronomia é uma experiência de submissão e criadora de caráter. Não há, talvez, melhor demonstração da tola presunção humana do que esta imagem distante do nosso minúsculo mundo. Para mim, destaca a nossa responsabilidade de sermos mais amáveis uns com os outros, e para preservarmos e protegermos o ",pálido ponto azul",, o único lar que conhecemos até hoje.

Carl Sagan

Rodolfo Bonafim enviou 940 notícias








  ENVIE SUA NOTÍCIA   Edite sua assinatura
  
Cadastre sua assinatura


Título da Notícia


Escreva sua Notícia


Envie uma Foto (opcional)
     Ajuda




Seu Nome

Seu E-mail

Estado



Digite o código ao lado
SEM o primeiro caractere


  


Dicas para um bom texto

1 - Não escreva tudo em maiúsculas ou minúsculas. Use os acentos corretamente.
Use sempre um corretor ortográfico!

2 - Não escreva seu texto com apenas 1 parágrafo: com certeza faltarão informações.

3 - Não escreva textos longos: serão cansativos. Dê brilho à sua notícia. Seja um redator!

4 - Dê preferência às notícias em tempo real, que ocorrem próximos à você, como tremores, fenômenos atmosféricos, astronômicos, óticos e até de condições do trânsito comprometidas por fenômenos naturais.


MUITO IMPORTANTE

1 - Antes de serem publicados, todos os textos serão verificados.

2 - A cópia de material da internet é ilegal.
As notícias ou matérias devem ser escritas pelo próprio internauta.
Fotos enviadas devem ser livres de direitos autorais.

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"A melhor política consiste em dizer a verdade, a menos que a pessoa tenha uma habilidade excepcional para mentir" - Jerome K. Jerome