Espaço, Ciência e Tecnologia. Educação Científica.
Tudo o que acontece na Terra e no espaço
você encontra aqui.
     

Maquina batizada de LHC simulará BigBang!

Notícia enviada em 21/04/2008
por Victor Hugo - Areia Branca/RN
De: Victor Hugo

No final deste mês de abril, na fronteira entre a França e a Suíça, terá início o maior experimento científico de todos os tempos. Dentro de um túnel blindado, pesquisadores farão reconstituições do Big Bang, a gigantesca explosão ocorrida há 14 bilhões de anos que deu origem ao universo. E o Brasil estará lá.

O projeto do Grande Colisionador de Hádrons (LHC, na sigla em inglês) é tão ambicioso - intelectual e financeiramente -, que nenhuma instituição seria capaz de realizá-lo sozinho. Trabalham nele 5 mil cientistas de 37 países, sob orientação do Centro Europeu de Pesquisa Nuclear (Cern). Da América Latina, participam só o Brasil e a Argentina. Até novembro de 2007, quando a máquina for ligada, o projeto terá consumido a fortuna de 10 bilhões de francos suíços (R$ 17,5 bilhões). As instituições brasileiras envolvidas são a UFRJ, a USP, a Unesp e o Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas.

O LHC ajudará a aumentar o conhecimento sobre o universo. As principais dúvidas se relacionam aos primeiros momentos após o Big Bang. Antes dele, toda a energia e toda a matéria estavam concentradas dentro de um espaço minúsculo, menor que o núcleo de um átomo. Com a explosão, a energia e a matéria foram liberadas e deram origem ao universo. Da mesma forma, energia e matéria serão liberadas dentro do LHC. A máquina produzirá pequenos Big Bangs.

Os cientistas querem ver como surge a matéria. Provavelmente aparecerão partículas jamais vistas, como a Higgs, hoje conhecida apenas na teoria. Outro enigma é o destino da antimatéria, que some logo que a matéria é criada. Também não se sabe do que é feita a matéria negra. “Não sabemos o que compõe 95% do universo, o que é vergonhoso para um tema que dizemos ser fundamental”, afirma o pesquisador inglês Brian Cox, da Universidade de Manchester. Com isso, a física pode ganhar novas leis.

O túnel circular do LHC tem 27 km de extensão e está enterrado a 100 metros de profundidade. Dentro dele, serão lançados prótons (as partículas do átomo com carga positiva) em direções opostas e a velocidades próximas de 300 mil km/s, a velocidade da luz. A cada segundo, haverá 800 milhões de colisões, que produzirão energia e novas partículas - a velha fórmula E = mc2 diz que energia pode ser convertida em massa.

Quatro detectores instalados ao longo do túnel enxergarão e medirão a energia e as partículas geradas pelas colisões. O detector Atlas, por exemplo, é um cilindro de 45 m de comprimento e 22 m de altura (um prédio de cinco andares). Os cientistas acompanharão tudo da superfície.

“É o maior experimento científico tanto em tamanho como em energia. Maior energia, só a dos raios cósmicos”, afirma o professor Fernando Marroquim, da UFRJ, que faz parte do grupo que construiu o Atlas. A temperatura dentro do túnel será de - 271°C, apenas 2°C a mais que o zero absoluto. “É a maior geladeira do mundo”, diz o físico Leandro de Paula, também da UFRJ, mas envolvido na construção do detector LHCD.

O LHC deverá ficar em funcionamento por 15 anos, com intervalos de algumas semanas para manutenção. A conta de energia será dividida entre os governos da França e da Suíça.

“A comunidade física mundial está ansiosa aguardando o início do experimento”, continua Leandro de Paula. “Parecemos crianças à espera do brinquedo novo.”

Agora imagine vocês, se isso der errado?

Bom, fica acritério de cada um imaginar isso...

Eu sou Victor Hugo, e passei 3 dias escrevendo e elaborando essa matéria!

Victor Hugo enviou 6 notícias








  ENVIE SUA NOTÍCIA   Edite sua assinatura
  
Cadastre sua assinatura


Título da Notícia


Escreva sua Notícia


Envie uma Foto (opcional)
     Ajuda




Seu Nome

Seu E-mail

Estado



Digite o código ao lado
SEM o primeiro caractere


  


Dicas para um bom texto

1 - Não escreva tudo em maiúsculas ou minúsculas. Use os acentos corretamente.
Use sempre um corretor ortográfico!

2 - Não escreva seu texto com apenas 1 parágrafo: com certeza faltarão informações.

3 - Não escreva textos longos: serão cansativos. Dê brilho à sua notícia. Seja um redator!

4 - Dê preferência às notícias em tempo real, que ocorrem próximos à você, como tremores, fenômenos atmosféricos, astronômicos, óticos e até de condições do trânsito comprometidas por fenômenos naturais.


MUITO IMPORTANTE

1 - Antes de serem publicados, todos os textos serão verificados.

2 - A cópia de material da internet é ilegal.
As notícias ou matérias devem ser escritas pelo próprio internauta.
Fotos enviadas devem ser livres de direitos autorais.

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Dignidade não consiste em possuir honrarias, mas em merecê-las" - Aristóteles