Espaço, Ciência e Tecnologia. Educação Científica.
Tudo o que acontece na Terra e no espaço
você encontra aqui.
     

Poderosa linha de tormentas assola centro-leste de Rondônia

Notícia enviada em 21/03/2007
por Daniel Panobianco - Ji-Paraná/RO
O tempo fechou por completo na região de Ji-Paraná logo no inicio da noite. Uma potente área de instabilidade, muito bem desenvolvida cresceu muito rápido devido ao forte calor e a alta umidade relativa do ar. Por mais de uma hora, Ji-Paraná se viu diante de um verdadeiro caos provocado pela tormenta. Rapidamente, ruas e avenidas ficaram alagadas invadindo casas e estabelecimentos comerciais. Quem estava no 2° Distrito próximo as ruas T-12 e T-15 ficou completamente ilhado devido a força da enxurrada.

Em outro ponto da cidade, no 1° Distrito, o nível do canal 2 de Abril que corta a cidade chegou a impressionante marca de 2,5 metros transbordando entre os bairros Casa Preta e Urupá. Segundo informações repassadas pelo Corpo de Bombeiros, diversos auxílios de socorro foram solicitados, com pessoas ilhadas em casa. Na zona rural de Ji-Paraná, a queda súbita de um raio provocou pânico em muitas pessoas residentes próximo a linha L-010. Ivanilde Soares, 36, passou mal após a queda da descarga e foi encaminhada ao hospital municipal com princípios de alteração na pressão arterial.

Somente das 18h20min às 19h10min choveu em Ji-Paraná, incríveis 62,5 milímetros, ou seja, uma expressiva quantidade de chuva de 1,25 mm por minuto, valor este considerado como torrencial pela OMM (Organização Meteorológica Mundial).

Além de alagamentos e transtorno para muitas pessoas, o trânsito em Ji-Paraná virou um verdadeiro caos pouco depois das 18 horas, com registros de picos de congestionamentos em avenidas e ao longo da rodovia BR-364, principalmente sobre a ponte do rio Machado. Devido às descargas elétricas houve registro de falta de energia elétrica em muitos bairros, principalmente no 1° Distrito.

Outros municípios de Rondônia sofreram com os temporais. Entre Presidente Médici e Chupinguaia, uma poderosa linha de tormentas foi observada com registro de chuvas muito fortes e intensa atividade elétrica (raios). Cidades da região centro-leste como, Chupinguaia, Parecis, São Felipe d’ Oeste, Santa Rita do Oeste, Alto Alegre dos Parecis, Alvorada d’ Oeste, Nova Brasilândia d’ Oeste e Rolim de Moura também registraram muita chuva no inicio da noite. Em alguns pontos, os modelos hidroestimadores de precipitação do CPTEC/INPE (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos) do (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) captaram a marca de quase 100 milímetros, o que corresponde à 1/3 de todo o volume de chuva esperado para o mês de março na região. Trovoadas intensas foram observadas por volta das 20 horas próximo ao município de Vilhena.

Daniel Panobianco enviou 86 notícias








  ENVIE SUA NOTÍCIA   Edite sua assinatura
  
Cadastre sua assinatura


Título da Notícia


Escreva sua Notícia


Envie uma Foto (opcional)
     Ajuda




Seu Nome

Seu E-mail

Estado



Digite o código ao lado
SEM o primeiro caractere


  


Dicas para um bom texto

1 - Não escreva tudo em maiúsculas ou minúsculas. Use os acentos corretamente.
Use sempre um corretor ortográfico!

2 - Não escreva seu texto com apenas 1 parágrafo: com certeza faltarão informações.

3 - Não escreva textos longos: serão cansativos. Dê brilho à sua notícia. Seja um redator!

4 - Dê preferência às notícias em tempo real, que ocorrem próximos à você, como tremores, fenômenos atmosféricos, astronômicos, óticos e até de condições do trânsito comprometidas por fenômenos naturais.


MUITO IMPORTANTE

1 - Antes de serem publicados, todos os textos serão verificados.

2 - A cópia de material da internet é ilegal.
As notícias ou matérias devem ser escritas pelo próprio internauta.
Fotos enviadas devem ser livres de direitos autorais.

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"O vinho é o leite dos adultos" - Basançon