Espaço, Ciência e Tecnologia. Educação Científica.
Tudo o que acontece na Terra e no espaço
você encontra aqui.
     

Radares de Chuva podem prever desastres.

Notícia enviada em 24/09/2009
por Marco Aurélio Esparza - Sertãozinho/SP
As grandes tempestades que estão causando estragos em toda a região Sul e Sudeste do Brasil poderiam ser previstas com a implantação de novos Radares Metereológicos.

O problema é que somente existem 28 radares metereológicos no Brasil, sendo a maioria desafasada tecnológicamente, e a maioria é de uso da aeronáutica, o ideal seria uma rede interligada com mais de 100 radares.

Um exemplo foi o tornado que atingiu Santa Catarina em Setembro de 2009. Os metereologistas previram a tempestade, mas não a ocorrência de Tornados, porque não havia na região um radar para informar o fenômeno.

A função do radar é detectar e prever o que vai acontecer num curto espaço de tempo como a intensidade da chuva, velocidade da chuva, descargas elétricas e ocorrência de granizo.

O estado de São Paulo tem vários radares metereológicos, como o da Unesp de Bauru e Presidente Prudente, o militar da FAB em São Roque e do DAEE na Ponte Nova.

Mas estes radares não estão interligados o que dificulta o acesso a informação e alguns somente são acessados por senha.

Nas regiões litorâneas do estado de SP não existe radar para prever a ocorrência de grandes catástrofes, como o deslizamento da encosta que aconteceu em Caraguatatuba em 1967 que vitimou mais de 200 pessoas por causa da chuva.

para acessar o radar de chuva de Bauru e Prudente acesse:

www.ipmet.unesp.br

para acessar os radares da FAB acesse:

http://www.redemet.aer.mil.br/index.php#

Marco Aurélio Esparza enviou 2 notícias








  ENVIE SUA NOTÍCIA   Edite sua assinatura
  
Cadastre sua assinatura


Título da Notícia


Escreva sua Notícia


Envie uma Foto (opcional)
     Ajuda




Seu Nome

Seu E-mail

Estado



Digite o código ao lado
SEM o primeiro caractere


  


Dicas para um bom texto

1 - Não escreva tudo em maiúsculas ou minúsculas. Use os acentos corretamente.
Use sempre um corretor ortográfico!

2 - Não escreva seu texto com apenas 1 parágrafo: com certeza faltarão informações.

3 - Não escreva textos longos: serão cansativos. Dê brilho à sua notícia. Seja um redator!

4 - Dê preferência às notícias em tempo real, que ocorrem próximos à você, como tremores, fenômenos atmosféricos, astronômicos, óticos e até de condições do trânsito comprometidas por fenômenos naturais.


MUITO IMPORTANTE

1 - Antes de serem publicados, todos os textos serão verificados.

2 - A cópia de material da internet é ilegal.
As notícias ou matérias devem ser escritas pelo próprio internauta.
Fotos enviadas devem ser livres de direitos autorais.

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"O brasileiro só é otimista entre o Natal e o Carnaval" - M. Henrique Simonsen