Espaço, Ciência e Tecnologia. Educação Científica.
Tudo o que acontece na Terra e no espaço
você encontra aqui.
     

Temperatura superficial marinha aumenta ligeiramente no litoral paulista!!

Notícia enviada em 20/12/2011
por Rodolfo Bonafim - São Paulo/SP
A temperatura superficial do mar estava em aproximadamente em 23ºC até final de novembro e início de dezembro, mas nesta últ ima quinzena de dezembro temos um ligeiro aumento de temperatura, cerca de 25ºC na altura do litoral paulista, suficiente para finalmente ",disparar", o início do verão climatológico em Santos e região. Lembro que o fenômeno climático La Niña, responsável pelo resfriamento abaixo da média das águas do Pacífico, está plenamente configurado e por este motivo principalmente, tivemos uma primavera desde o começo, ima das mais amenas dos últimos 20 anos.

A atual situação climatológica, vista pela análise de sensoreamento remoto, aponta a ZCAS (Zona de Convergência do Atlântico Sul), um tipo de canal de que transporta a umidade do sul da Amazônia até a região sudeste, está atuando entre a costa do Rio de Janeiro e do Espírito Santo, o que tem acarretado em chuvas severas no estado de Minas Gerais... E entre esta ZCAS e uma extensa área de baixa pressão atmosférica na altura da costa rio-grandense, está Baixada Santista, portanto, isenta de chuvas fortes e/ou volumosas e altas temperaturas, sendo que neste último domingo, tivemos a mais alta temperatura máxima desta primavera: 36,5ºC, registrados na minha estação da Vila Belmiro. Além do fato desta primavera até há pouco amena, registre-se que apesar do forte calor dos últimos dias, tem havido razoável circulação de ar (ventilação) durante as noites e madrugadas, que aliada à relativa baixa umidade relativa do ar, não proporciona desconforto térmico, como sudorese acentuada, tão típica de Santos e região nesta época do ano. Saliento, que a temperatura superficial do mar entre os litorais norte fluminense (que é amena na maior parte do ano, tipicamente falando, devido ao fenômeno da ressurgência – transporte de águas frias por correntes oceânicas, que afloram nesta região do litoral, por isso mesmo, a cidade de Cabo Frio, não é à toa, ter esta denominação), está ligeiramente ainda mais amena do que em outras regiões litorâneas e aliada ao canal de umidade amazônica, fica sob efeito de tempo mais chuvoso e a Baixada não, pelo menos por ora. Como a Baixada Santista, é região de clima Tropical de Transição, por estar no limite de massas de ar de diferentes características, possui além de fatores ambientais regionais, um microclima muito particular. Portanto, em tempos de La Niña, de certa forma atuando atipicamente nesta época , (além de termos sofrido um dos invernos mais rigorosos dos últimos 20 anos), configura-se um clima transicional e temporário semelhante ao clima subtropical, onde os verões têm dias de ar mais seco e poucas chuvas, o que é muito raro em Santos e região... Saliento, que os oceanos têm papel fundamental na regulação climática global, afinal dois terços do nosso planeta são cobertos de água, sendo o Pacífico, o maior e mais importante oceano para o clima da Terra. Embora, o atual episódio da La Niña, não seja intenso, deverá perdurar até pelo menos meados de fevereiro, o que acarretará num verão não tão quente! Existe uma análise, que até ",parece", ir contra a corrente de pensamento do Aquecimento Global, que relaciona um ciclo que intercala episódios de El Niño com La Niña, chamado Oscilação Decadal do Pacífico, apontando para uma maior número de La Ninãs (resfriamento, pois) a partir de 2008, a qual teria correlação com o Ciclo de Onze Anos de atividade Solar (que está num mínimo), um tema sem dúvidas, muito curioso, mas fica para o próximo reporte...

Rodolfo Bonafim

Diretor Científico da ONG Amigos da Água

Rodolfo Bonafim enviou 942 notícias








  ENVIE SUA NOTÍCIA   Edite sua assinatura
  
Cadastre sua assinatura


Título da Notícia


Escreva sua Notícia


Envie uma Foto (opcional)
     Ajuda




Seu Nome

Seu E-mail

Estado



Digite o código ao lado
SEM o primeiro caractere


  


Dicas para um bom texto

1 - Não escreva tudo em maiúsculas ou minúsculas. Use os acentos corretamente.
Use sempre um corretor ortográfico!

2 - Não escreva seu texto com apenas 1 parágrafo: com certeza faltarão informações.

3 - Não escreva textos longos: serão cansativos. Dê brilho à sua notícia. Seja um redator!

4 - Dê preferência às notícias em tempo real, que ocorrem próximos à você, como tremores, fenômenos atmosféricos, astronômicos, óticos e até de condições do trânsito comprometidas por fenômenos naturais.


MUITO IMPORTANTE

1 - Antes de serem publicados, todos os textos serão verificados.

2 - A cópia de material da internet é ilegal.
As notícias ou matérias devem ser escritas pelo próprio internauta.
Fotos enviadas devem ser livres de direitos autorais.

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Servidores públicos são como livros numa estante: Quanto mais altos nas prateleiras, menos servem" - Paul Masson