Espaço, Ciência e Tecnologia. Educação Científica.
Tudo o que acontece na Terra e no espaço
você encontra aqui.
     

Tempestade clássica de raios atinge região central de Rondônia

Notícia enviada em 06/03/2007
por Daniel Panobianco - Ji-Paraná/RO
Pela segunda vez em menos de seis meses, tempestade clássica de raios afeta a região de Ji-Paraná com muitos raios e barulho. Em pontos localizados da zona rural houve registro de precipitação de granizo.

Quem mora na região de Ji-Paraná e teme pelas descargas elétricas certamente sentiu um pouco mais de medo na noite desta segunda-feira. Uma típica tempestade clássica de raios atingiu toda a região por volta das 21h30min (local) causando pânico em muitas pessoas. O barulho era tão intenso, que até o chão e as paredes das casas tremiam a cada queda súbita das descargas destrutivas. Essa foi à segunda tormenta clássica de raios em menos de seis meses na cidade. Em 21 de outubro do ano passado, uma intensa tempestade de raios causou muitos prejuízos em toda a região central de Rondônia, com a queima de diversos aparelhos eletroeletrônicos de residências e grandes empresas.

O temporal desta noite começou ás 21h30min e durou até 21h50min. Nesse pouco tempo de apenas 20 minutos, o acumulado de chuva no centro da cidade chegou á 38 milímetros de precipitação, cerca de 1,9 mm por minuto, o que é considerado muito forte. Se o temporal prosseguisse por uma hora chegaria à marca de impressionantes 114 mm.

Apesar de rápida, a chuva foi capaz de causar alagamentos em Ji-Paraná, principalmente os bairros Duque de Caxias, Jardim Primavera, Dom Bosco e Parque São Pedro. Algumas ruas e avenidas ficaram ilhadas, onde residências foram tomadas pela lama e sujeira. Por causa da intensa atividade elétrica, alguns pontos das zonas urbana e rural enfrentaram quedas constantes de energia e até a falta completa por alguns minutos.

No norte do município de Ji-Paraná, próximo a linha L-010 houve registro de precipitação de granizo, fenômeno muito raro de acontecer na Amazônia, em especial nessa época do ano. Normalmente as poucas precipitações com queda de granizo acontecem no inicio e término do período chuvoso. Isso mostra quão descontrolado e cada vez mais imprevisível anda o nosso clima.

A tormenta que se formou com o calor e umidade elevada seguiu para a região de Ouro Preto do Oeste e Jaru, onde também choveu forte.

Outras áreas com trovoadas intensas foram observadas próximas á Porto Velho.

Daniel Panobianco enviou 86 notícias








  ENVIE SUA NOTÍCIA   Edite sua assinatura
  
Cadastre sua assinatura


Título da Notícia


Escreva sua Notícia


Envie uma Foto (opcional)
     Ajuda




Seu Nome

Seu E-mail

Estado



Digite o código ao lado
SEM o primeiro caractere


  


Dicas para um bom texto

1 - Não escreva tudo em maiúsculas ou minúsculas. Use os acentos corretamente.
Use sempre um corretor ortográfico!

2 - Não escreva seu texto com apenas 1 parágrafo: com certeza faltarão informações.

3 - Não escreva textos longos: serão cansativos. Dê brilho à sua notícia. Seja um redator!

4 - Dê preferência às notícias em tempo real, que ocorrem próximos à você, como tremores, fenômenos atmosféricos, astronômicos, óticos e até de condições do trânsito comprometidas por fenômenos naturais.


MUITO IMPORTANTE

1 - Antes de serem publicados, todos os textos serão verificados.

2 - A cópia de material da internet é ilegal.
As notícias ou matérias devem ser escritas pelo próprio internauta.
Fotos enviadas devem ser livres de direitos autorais.

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"O homem é sábio quando procura a sabedoria. Quando pensa que a encontrou é burro." - Talmud