Espaço, Ciência e Tecnologia. Educação Científica.
Tudo o que acontece na Terra e no espaço
você encontra aqui.
     

Terceira friagem traz ventos fortes para Rondônia

Notícia enviada em 30/04/2008
por Daniel Panobianco - Ji-Paraná/RO
A terceira friagem de 2008 entra com grande concentração de nuvens no Estado de Rondônia. Praticamente todo o sul, centro e oeste do Estado já sentem a influência do ar polar, onde chove em alguns pontos.

As rajadas de vento também estão intensas, com máximo de até 40 km/h na região de Ji-Paraná.

O céu está muito nublado com cobertura de nuvens baixas (nimbus)e o vento sopra constantemente do quadrante sul.

Em Vilhena faz 20°C no aeroporto Brigadeiro Camarão e em Ji-Paraná, 22°C no aeroporto José Coleto.

As máximas hoje certamente serão as mais bnaixas do ano.

Daniel Panobianco enviou 86 notícias








  ENVIE SUA NOTÍCIA   Edite sua assinatura
  
Cadastre sua assinatura


Título da Notícia


Escreva sua Notícia


Envie uma Foto (opcional)
     Ajuda




Seu Nome

Seu E-mail

Estado



Digite o código ao lado
SEM o primeiro caractere


  


Dicas para um bom texto

1 - Não escreva tudo em maiúsculas ou minúsculas. Use os acentos corretamente.
Use sempre um corretor ortográfico!

2 - Não escreva seu texto com apenas 1 parágrafo: com certeza faltarão informações.

3 - Não escreva textos longos: serão cansativos. Dê brilho à sua notícia. Seja um redator!

4 - Dê preferência às notícias em tempo real, que ocorrem próximos à você, como tremores, fenômenos atmosféricos, astronômicos, óticos e até de condições do trânsito comprometidas por fenômenos naturais.


MUITO IMPORTANTE

1 - Antes de serem publicados, todos os textos serão verificados.

2 - A cópia de material da internet é ilegal.
As notícias ou matérias devem ser escritas pelo próprio internauta.
Fotos enviadas devem ser livres de direitos autorais.

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"O acaso não existe; o que chamamos de acaso é o efeito de uma causa que não conhecemos" - Voltaire