Espaço, Ciência e Tecnologia. Educação Científica.
Tudo o que acontece na Terra e no espaço
você encontra aqui.
     

Terremotos e nuvens: casamento possível????

Notícia enviada em 15/04/2012
por Rodolfo Bonafim - São Paulo/SP
Dificilmente associamos algo realizado pela ruptura de rochas no interior da Terra (sismos) e a condensação do conteúdo de vapor de água do ar (nuvens).

Mas, pode até ser possível ligar o ",céu à terra",, afinal.

Antes de adentrarmos estes domínios um tanto ",etéreos",, alguns pesquisadores estimam que pelo aquecimento global, sem o peso das camadas de gelo em fusão, o solo abaixo poderia sofrer uma reação de soerguimento, propiciando condições para ocorrência de terremotos.

Mas, aqui e agora, gostaria de expor uma espécie de teoria que relaciona sismos com nuvens.

Sabemos que a ",fumaça", expelida por vulcões, indica que algo está sob elevada pressão e está para se aliviar enormes tensões crustais. A água intersticial aquecida e sob a forma de vapor prenuncia este tipo de erupção vulcânica.

Pois bem, já não é de hoje, que alguns pesquisadores tentam relacionar emissões de vapores ou gases subterrâneos com a ocorrência de sismos.

Inclusive quando estudei pós-graduação na área fronteiriça entre Geologia e Geofísica (sismos induzidos), já sabia que medições da quantidade de radônio no subsolo, poderia servir como uma espécie de ",premonitor", de terremotos, uma forma entre tantas outras de tentar se prever algo tão complicado como os sismos.

Além disto, um químico chinês aposentado propôs um método de prevenção baseado no seguinte: a água subterrânea preencheria as brechas de rochas em início de processo de fraturamento em falhas geológicas e sob elevadíssimas pressões, evaporaria e ao encontrar a superfície, expandiria-se e elevaria-se por diferença de densidades (convecção) até encontrar níveis mais altos da atmosfera, quando então sofreria condensação, tornando-se assim, por dizer, simplesmente uma nuvem (basicamente, é o processo de formação da nuvem cúmulos). Se em condição de maior altitude, poderia se tornar cristas de gelo, então, transformando-se numa nuvem cirros de forma laminar ( a convecção seria intensa). O pesquisador chinês tem observado por meio de sensoreamento remoto básico (que qualquer usuário de internet pode ter acesso irrestrito e livre), que quando nuvens ",diferenciadas", no formato, como se destacando como uma extensão achatada e extensa de uma cirros, num prazo estimado de em média 60 dias, poderia tomar lugar um terremoto, mais ou menos numa perpendicular sobre uma falha geológica. No caso, segundo o chinês, terremotos preditos por esse método, teriam mais exatidão, com profundidade focal abaixo de 10 Km da superfície. Aí, a localização da nuvem situaria o hipocentro e sua extensão, o tamanho do sismo, isto é, a sua magnitude, que pode ser traduzida na boa e velha Escala Richter...

Com essa proposta, já chegou a prever alguns sismos com antecedência de até 30 dias, na China, fatos que levaram especialistas em Geologia, Sismologia e Meteorologia, a lhe proporem uma apresentação de sua teoria e métodos à comunidade acadêmica, embora ainda muitos acadêmicos desdenhem de sua teoria, porém, é normal isso noa meio científico...

De repente, um método a princípio despretensioso, sem grandes envolvimentos com a meticulosidade e rigor acadêmico, pode, se associado a outros métodos clássicos, se apresentar como uma nova proposta para se prever algo tão aleatório e catastrófico, quanto um grande sismo!!!

Rodolfo Bonafim enviou 942 notícias








  ENVIE SUA NOTÍCIA   Edite sua assinatura
  
Cadastre sua assinatura


Título da Notícia


Escreva sua Notícia


Envie uma Foto (opcional)
     Ajuda




Seu Nome

Seu E-mail

Estado



Digite o código ao lado
SEM o primeiro caractere


  


Dicas para um bom texto

1 - Não escreva tudo em maiúsculas ou minúsculas. Use os acentos corretamente.
Use sempre um corretor ortográfico!

2 - Não escreva seu texto com apenas 1 parágrafo: com certeza faltarão informações.

3 - Não escreva textos longos: serão cansativos. Dê brilho à sua notícia. Seja um redator!

4 - Dê preferência às notícias em tempo real, que ocorrem próximos à você, como tremores, fenômenos atmosféricos, astronômicos, óticos e até de condições do trânsito comprometidas por fenômenos naturais.


MUITO IMPORTANTE

1 - Antes de serem publicados, todos os textos serão verificados.

2 - A cópia de material da internet é ilegal.
As notícias ou matérias devem ser escritas pelo próprio internauta.
Fotos enviadas devem ser livres de direitos autorais.

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Como os políticos jamais acreditam no que dizem, costumam ficar surpresos quando os outros acreditam" - Charles de Gaulle