Espaço, Ciência e Tecnologia. Educação Científica.
Tudo o que acontece na Terra e no espaço
você encontra aqui.
     

Uma nova chuva de meteoros, além das Geminidas???

Notícia enviada em 14/12/2012
por Rodolfo Bonafim - São Paulo/SP
Parafraseando a palavra shower, literalmente do inglês ",chuveiro", para nós, designo a famosa chuva de meteoros Geminidas ou Geminídeos, como um espetáculo de riscas de luzes esquivas e muito rápidas, que devido a sua quantidade em função do tempo, pode proporcionar verdadeiros shows...

Porém, para vê-los é preciso que as condições de tempo estejam boas, céu límpido sem nuvens ou muitíssimo poucas é fundamental.

Falando em tempo, as condições meteorológicas para esses dias de Geminídeos não estão lá muito boas, especialmente no caso do litoral e capital paulista, pois como venho dizendo (ver meu reporte

em https://apolo11.com/minhanoticia.php?noticia=Alerta:_perigos_com_raios_nesta_epoca_do_ano!!!&posic=dat_20121213-160846.inc), neste dezembro de 2012, está havendo muita convecção e daí turbulência em altas camadas da atmosfera, deixando o tempo propício à pancadas de chuvas e trovoadas..., pois o período de avistamento dessa chuva meteorítica é de 10 a 16 de dezembro, sendo que o pico foi na noite passada, dia 13 de dezembro.

Além das condições de tempo, há também que se considerar, que a questão avistamento é função da longitude geográfica. De repente o seu posto de observação está no paralelo de 23º de latitude sul, nas proximidades do Trópico de Capricórnio e longitude 46º oeste e não consegue avistar muitos meteoros e já um observador na Austrália no outro lado do globo, na mesma latitude que a sua avista um verdadeiro show de meteoros, uma vez que o pico do avistamento pode ser num intervalo de tempo lá na Austrália, mais favorável a sua observação. Lembro que essa chuva também esse nome, pois por mera questão de perspectiva, os meteoros parecem ",sair", de um ponto da Constelação de Gêmeos. A Esse ponto chamamos radiante. Para melhor reconhecimento da Constelação de Gêmeos, ela têm duas estrelas principais brilhantes: Castor e Pólux, os dois gêmeos da mitologia grega.

Bem, fatos e questões de visibilidade a parte, interessante colocar aqui o fato de que não apenas os Geminídeos se mostrarão no firmamento, mas também que a Terra passa através de um fluxo de detritos do Cometa Wirtanen, que com base em prognósticos, poderia ser uma nova chuva de meteoros!

Segundo Bill Cooke, da NASA, ",Ao atingir a nossa atmosfera, o pó deste cometa poderia produzir até 30 meteoros por hora.",

Cometa Wirtanen foi descoberto em 1948, logo após a Segunda Guerra Mundial, e leva 5,4 anos para completar uma órbita em torno do Sol e atinge seu ponto mais próximo do Sol do lado de fora da órbita da Terra. Embora este cometa tenha passado pela órbita da Terra muitas vezes, o nosso planeta nunca tinha atravessado os seus fluxos de poeira. Mas em 2012 poderia acontecer de maneira diferente.

Se for confirmada a nova chuva, ela acontecerá nas primeiras horas da noite antes dos Geminídeos.

A chuva ainda não foi batizada. Antes de dar um nome, os astrônomos esperam para ver se é real. Se alguns meteoros se aparecerem, talvez eles poderiam ser chamados de ",Piscideos ou Piscidas",, pois o seu radiante estaria na Constelação de Peixes, segundo modelos dinâmicos de fluxos do russo Mikhail Maslov. O pesquisador prevê que os meteoros irão se mover muito lentamente, o que poderia ajudar os observadores do céu novatos a distingui-los das meteoros Geminidas, que sãom muito mais velozes... Vamos ver para crer...

A imagem anexa, é uma mapinha do radiante das Geminidas.

Fonte: Nasa

Rodolfo Bonafim enviou 942 notícias








  ENVIE SUA NOTÍCIA   Edite sua assinatura
  
Cadastre sua assinatura


Título da Notícia


Escreva sua Notícia


Envie uma Foto (opcional)
     Ajuda




Seu Nome

Seu E-mail

Estado



Digite o código ao lado
SEM o primeiro caractere


  


Dicas para um bom texto

1 - Não escreva tudo em maiúsculas ou minúsculas. Use os acentos corretamente.
Use sempre um corretor ortográfico!

2 - Não escreva seu texto com apenas 1 parágrafo: com certeza faltarão informações.

3 - Não escreva textos longos: serão cansativos. Dê brilho à sua notícia. Seja um redator!

4 - Dê preferência às notícias em tempo real, que ocorrem próximos à você, como tremores, fenômenos atmosféricos, astronômicos, óticos e até de condições do trânsito comprometidas por fenômenos naturais.


MUITO IMPORTANTE

1 - Antes de serem publicados, todos os textos serão verificados.

2 - A cópia de material da internet é ilegal.
As notícias ou matérias devem ser escritas pelo próprio internauta.
Fotos enviadas devem ser livres de direitos autorais.

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"O arado, a espada são extensões da mão; o microscópio, dos olhos; mas um livro é algo mais: é uma extensão da memória, do comhecimento" - Jorge L. Borges