Espaço, Ciência e Tecnologia. Educação Científica.
Tudo o que acontece na Terra e no espaço
você encontra aqui.
     

Curtas 2: Anticlone pós-frontal em transição para tropical no Atlântico!

Notícia enviada em 27/05/2013
por Rodolfo Bonafim - São Paulo/SP
A massa de ar de alta pressão pós-frontal (anticiclone pós-frontal ou migratório), está em transição para tropical, devido ao contato com o Anticiclone semi-permanente do Atlântico (Alta Subtropical Atlântica). Com isto, voltam as boas condições de tempo para o leste paulista, região que inclui a Grande São Paulo, Vale do Paraíba e Litoral Paulista, incluindo a Baixada Santista.

Ontem, (domingo, 26 de maio de 2013) o dia começou ainda com muita nebulosidade, mas aos poucos o Sol foi se firmando, dando lugar a um dia ensolarado, porém com alguma formação de nuvens (cúmulos-humilis e mediocris, nuvens de tempo bom).

A máxima deste domingo, foi de 26,1ºC, temperatura registrada pela minha estação em Santos.

A mínima foi de 18,5ºC. Anteontem, sábado, tivemos 24,4ºC em Santos, apenas, sendo que a mínima deste dia, foi de 17,6ºC.

Registro que a máxima da sexta-feira passada, foi de somente 20,6ºC, mas rigorosamente não foi a menor máxima do ano, pois a máxima mais baixa foi em 17 de maio deste, com 20,5ºC. Outrossim, a mínima mais baixa não foi registrada neste sábado e sim em 08 de maio.

Esclareço que a menor máxima foi oriunda de uma frente fria que portava grande quantidade de umidade, trazendo chuvas e céu, é claro, encoberto.

Por outro lado, a mínima mais baixa, foi medida por ocasião de uma frente fria de rápido deslocamento, que portava pequena quantidade de água precipitável, então, praticamente não ocorreram chuvas naquele período, permitindo céu com pouca nebulosidade, acarretando máximas relativamente mais altas e mínimas mais baixas, devido à perda de radiação solar durante as noites e madrugadas sob céu aberto (pouca ou nenhuma nebulosidade).

Comentário do autor: até o momento deste reporte, o outono de 2013, que logo em seu início, começou ameno (final de março), seguiu ainda ameno em abril, com um período mais quente (veranico) em abril e neste mês de maio, intercala-se períodos de veranico com períodos mais amenos, mas sem mínimas excepcionalmente baixas, especialmente na Baixada Santista!!

Já no planalto (Grande São Paulo) e Serra da Mantiqueira (Campos do Jordão), as mínimas têm sido relativamente baixas.

Para o início desta semana, ainda teremos instabilidades, que poderão trazer pancadas de chuvas/chuva fraca/chuviscos, principalmente para as regiões mais suscetíveis à pluviosidade, caso da Baixada Santista.

Há prognósticos, entretanto, que apontam, a volta de um período mais quente (veranico), por volta da próxima sexta-feira....

Rodolfo Bonafim

Diretor Científico da ONG Amigos da Água (especialista em Climatologia, Astronomia e Geologia Ambiental)

Rodolfo Bonafim enviou 942 notícias








  ENVIE SUA NOTÍCIA   Edite sua assinatura
  
Cadastre sua assinatura


Título da Notícia


Escreva sua Notícia


Envie uma Foto (opcional)
     Ajuda




Seu Nome

Seu E-mail

Estado



Digite o código ao lado
SEM o primeiro caractere


  


Dicas para um bom texto

1 - Não escreva tudo em maiúsculas ou minúsculas. Use os acentos corretamente.
Use sempre um corretor ortográfico!

2 - Não escreva seu texto com apenas 1 parágrafo: com certeza faltarão informações.

3 - Não escreva textos longos: serão cansativos. Dê brilho à sua notícia. Seja um redator!

4 - Dê preferência às notícias em tempo real, que ocorrem próximos à você, como tremores, fenômenos atmosféricos, astronômicos, óticos e até de condições do trânsito comprometidas por fenômenos naturais.


MUITO IMPORTANTE

1 - Antes de serem publicados, todos os textos serão verificados.

2 - A cópia de material da internet é ilegal.
As notícias ou matérias devem ser escritas pelo próprio internauta.
Fotos enviadas devem ser livres de direitos autorais.

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"A seriade é o escudo dos estúpidos" - Montesquieu