Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Mudanças Climáticas
Segunda-feira, 15 dez 2008 - 10h40

Estudo mostra o rápido aumento de acidez em oceanos

Um estudo publicado pela Academia Nacional de Ciências (National Academy of Sciences), dos Estados Unidos, revelou que o aumento do nível de dióxido de carbono na atmosfera pode tornar os oceanos mais ácidos com maior rapidez.

Cientistas medem desde 2000, a acidez da água do mar em torno da illha de Tattosh, no litoral de Washington. O resultado foi que a acidez nas águas temperadas cresceu dez vezes mais rápido que do os modelos climáticos previam.

O dióxido de carbono da atmosfera se dissolve nos oceanos e se transforma em ácido carbônico, nocivo à vida marinha. Conchas e esqueletos de muitas espécies marinhas, como corais, ouriços-do-mar e algas rígidas, começam a ser corroídos.

"O aumento da acidez que observamos durante o estudo foi quase da mesma magnitude que esperávamos para o decorrer do próximo século" disse o co-autor do estudo Timothy Wootton, biólogo marinho da Universidade de Chicago.

Segundo o estudo, o aumento das emissões de dióxido de carbono de atividades humanas elevou em 30% a acidez dos oceanos nos últimos 200 anos.

Além do desequilíbrio do ecossistema com perdas irreversíveis, no plano econômico a situação também é preocupante.

Uma mudança no ecossistema costeiro provocada pela acidez pode resultar em desastre para o setor de frutos do mar, que depende de mexilhões e outras espécies, alertou Wootton. As pequenas mudanças podem se ampliar com o tempo.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Pode-se enganar todo mundo o tempo todo, se a campanha estiver certa e a verba for suficiente" - Joseph E. Levine