Espaço - Ciências - Fenômenos Naturais
Compartilhe! 

Editoria: Mudanças Climáticas
Quarta-feira, 17 dez 2008 - 09h35

Estudos sobre o gelo no Ártico evidenciam o Aquecimento Global

Dados de satélite da agência espacial americana (Nasa) constataram sinais recentes dos efeitos do aquecimento global na Terra. Desde de 2003, mais de 2 trilhões de toneladas de gelo terrestre na Groenlândia, Alasca e Antártida simplesmente derreteram. Em cinco anos, o nível do mar subiu 0,5 centímetros.

Cientistas da Nasa devem apresentar suas descobertas durante a reunião da União Americana de Geofísica nesta quinta-feira (18).

"Não está melhorando. Está mostrando cada vez mais sinais de aquecimento e amplificação", afirmou o pesquisador da Nasa, Jay Zwally. "Não há reversão em andamento".

Outro agravante: cientistas que estudam o gelo no mar revelam que partes do Ártico, ao norte do Alasca, estão quase 10 graus mais quentes na comparação com o ano passado. Isso seria a prova do efeito amplificador do aquecimento global.

Um outro estudo mostra que quantias enormes de metano congelado presas no leito de lagos e mares da Sibéria começam a borbulhar para a superfície. Se liberado, o metano na região poderá aumentar dramaticamente o aquecimento global, concluíram os especialistas.







Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2019
Política de Privacidade   |     Termo de Uso e Licenciamento   |  -   Entre em Contato

"Na política, a mentira de ontem é atacada somente para bajular a de hoje" - Jean Rostand